Salvador Sobral, vencedor do Festival Eurovisão 2017, foi o responsável pelo encerramento do concerto solidário 'Juntos Por Todos'. Contudo, as declarações do cantor durante 'Amar Pelos Dois' são destaque nas redes sociais.

Transmitido em direto pelas três televisões generalistas (RTP1, SIC e TVI) e pela grande maioria das rádios nacionais, o concerto solidário Juntos Por Todos reuniu 25 artistas, sendo que foram recolhidos cerca de 1 milhão e 153 mil euros, valor que foi entregue à União das Misericórdias. 

Recorde AQUI o espetáculo.

Salvador Sobral, vencedor do Festival Eurovisão 2017, teve a responsabilidade de encerrar o alinhamento, tendo surpreendido tudo e todos ao começar por interpretar "A Case Of You", de Joni Mitchell. Porém, segundos depois, levou a plateia ao rubro com "Amar Pelos Dois", canção composta pela sua irmã, e que foi tocada pelo próprio ao piada e entoada em uníssono pelas cerca de 14 mil pessoas presentes no local.

Contudo, a meio da atuação, Salvador Sobral surpreendeu os presentes ao reagir aos aplausos inesperados dos mesmos: "Tenho a sensação de que qualquer coisa que eu faça vocês vão aplaudir. Se eu der um peido, quero ver o que vocês fazem". O público presente reagiu ao momento irreverente com uma salva de palmas, que contou com alguns assobios, mas nas redes sociais as opiniões dividem-se.

"Salvador Sobral é como se uma pessoa dissesse na realidade as coisas que diz no Twitter." e "Foi um momento desagradável e completamente desnecessário" são apenas duas das declarações que demonstram a dualidade de opiniões sobre as declarações do cantor português. Contudo, polémicas à parte, Salvador Sobral voltou a ser trend mundial no Twitter, com mais de 3 mil tweets.

Recorde, de seguida, a atuação de Salvador Sobral no evento:


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem: TVI / Vídeo: ESCPortugal

59 comentário(s):

  1. Anónimo02:58

    As pessoas gostam de polémica, e ficaram mais ofendidas pela palavra "peido" do que o que ele queria dizer. Tanto tabu!
    Mas sempre um "peido" consegue ser mais natural que o fastfood music :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu adoro a espontaneidade. adorava conseguir ser assim. deviamos ser todos. Não o conhecia antes mas a musica dele é mm boa! Adoro. E o amamr pelos dois tb....

      Eliminar
    2. Anónimo13:46

      Esta piada é mais profunda do que muitos possam pensar... mas como as pessoas não alcançam... é uma ironia, é uma forma de dizer que qualquer pessoa hoje em dia vai lá acima, fica extenuado e eufórico com coisas irrelevantes, e depois as realmente importantes, as pessoas coçam pro lado... Este gajo é o maior.. as pessoas, quer dizer, as santas ofendidas ficam mais ofendidas com a palavra em si, do que pelo conteudo da mensagem... enfim... Grande homem, grande músico...

      Eliminar
    3. Anónimo13:49

      verdade,,, escandaliza-se pela palavra e nao pelo conteudo do que quis realmente dizer... virgens ofendidas.

      Eliminar
    4. E esta minha versao???? curtam aí:
      https://www.youtube.com/watch?v=HkHIzeu_3n8

      Eliminar
    5. Anónimo23:06

      13:49 mas voces nao sabem dizer mais nada para alem de virgens ofendidas, antes era haters agora é isto...? é esse o vosso argumento? As pessoas escandalizaram-se pelo CONTEXTO em que isto aconteceu e nao pela palavra, habituados a que digam palavroes e cenas semelhantes estamos nós.

      Eliminar
    6. Anónimo03:48

      Sim, o Salvador Sobral é um idiota.
      Chama-se espontaneidade, ou falta de filtros de quem nunca foi ensinado a ser superstar, nem quer, porque consegue lutar contra o ego e o magnífico e colocar a música e a sua arte em primeiro lugar, mesmo com um Meo Arena esgotado.
      Não foi vestido com roupa da moda, nem penteado ou com um cabelo loiro verão enquanto pede para ligarem as luzes dos smartphones.
      Não.
      Foi cantar.
      Sim, é um idiota.
      É um idiota porque disse a verdade. Que dentro da emoção e das músicas, o público bate palmas a qualquer coisa que seja feita naqueles metros quadrados a que chamamos palco.
      É um idiota porque não é como os outros. Não faz instastories do antes e depois.
      Não tira fotos com o Matias Damásio. Não pede ao manager um backstage com águas de sabores e fruta da época.
      Porque não tem esse manager.
      Porque não quer.
      Porque não se quer transformar no que não é nem acredita.
      Porque pensava que vocês nem ligavam à sua pequena piada, mas sim aos outros restantes minutos do mais belo momento que a televisão portuguesa tem passado nos útlimos tempos.
      E porque no fundo, ele está-se a cagar para o que vocês pensam.
      E ainda bem.

      Eliminar
  2. Salvador a ser Salvador. E eu gosto dele assim. Já gostava antes.

    Quem passou a idolatrar por ter ganho a Eurovisão e quer fazer dele um deus impoluto que possa adorar (mas só quando cantar aquele tema, atenção!), é capaz de se desiludir.

    A verdade é que aquela boca, no meio da piadola e da descontracção e do inoportunismo que já o caracterizam... faz tanto, mas tanto sentido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:58

      Passei por aqui só para ler os comentários. Confesso que já me ri às gargalhadas. Porque o Salvador tinha razão, ele pode "mandar um peido" na cara de todos aqueles que estavam a assistir e vai continuar a receber a idolatria cega daqueles que o tentam justificar e aplaudem esta infeliz ocasião, daqueles que continuarão a lavar com água de rosas perfumadas o rabinho do menino, sem perceber que ele estava de facto a gozar também com eles. Não deixa de ser hilariante a ironia. Os outros que não dão ares de artista e não ganham a Eurovisão, quando mandam os seus peidos em público na secção de comentários são apenas rotulados de virgens, moralistas, haters e trinta por uma linha. Seria bom lembrar-lhe que a música é sentimento e não fireworks ( neste caso piadolas com peidos ) e quem transformou um momento bonito e especialmente emotivo numa palhaçada de circo foi o Salvador. É caso para lembrar o miúdo: faz-te homem e deixa-te de macacadas.

      Eliminar
    2. Anónimo14:08

      Não, não faz. Nem tudo o que faz tem carta verde só por ser o Salvador. Mas ha pessoas que vão defende-lo, no matter what.

      Eliminar
    3. Anónimo16:52

      11:58 EXCELENTE. Mai nada.

      Eliminar
  3. Anónimo03:16

    Começo a achar que o da Roménia tinha razão... ele está é doente da cabeça... Comentário totalmente desenquadrado e descabido, estando a arena composta por 15 mil portugueses que se uniram por uma causa de especial significado. Não é pelo facto de ele ter dito a palavra "peido" que já todos utilizámos, mas pelo facto de ele não ter qualquer tipo de educação e respeito pelo público... Ele não tem uma personalidade vincada, ele tem é a falta dela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:09

      Finalmente alguém que concorde comigo!!! Quando o romeno disse aquilo do salvador eu não tive grandes dúvidas de que aquilo fosse verdade, pois eu devo de pertencer aos 1% da população que nunca gostou dele nem da música, ou seja ele de mim que fique descansado porque eu nunca o aplaudi e de certeza que também não vai ser agora.

      Eliminar
  4. Desnecessário.
    Os ídolos também caem. E bem rápido.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo03:33

    Já sei onde o cérebro dele está ligado.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo07:36

    Naturalmente que quem aqui expressar desacordo por uma "graça" como esta será chamado de "hater", será tido como apoiante dos VLD (grupo que já nem grupo deve ser), será considerado com não tendo sentido de humor... Que necessidade teria S. Sobral de ser grosseiro para com quem estava a aplaudi-lo. Irreverência, dirão alguns... Gisela João é irreverente e teve palavras simples e adequadas ao momento e ao espetáculo. Infelizmente parece que o problema de saúde de S. Sobral não deve ser só aquele que é sempre mencionado... É triste ver uma pessoa de talento ir destruindo (porque é o que está a acontecer) a admiração e simpatia que conquistou.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo07:59

    Sou um fã incondicional do eurofestival. Sempre fui uma pessoa atenta e observadora de tudo a que a este evento diz respeito. Nunca mais vou esquecer aquele momento mágico em que deram a Portugal o título eurovisivo 2017. Respeito bastante as opiniões de Salvador Sobral sobre a fama, sobre a música e até mesmo sobre a sua forma de estar na vida. Nunca fui pessoa de comentar as notícias que vou lendo aqui e ali, sendo esta a primeira vez que o vou fazer. Penso que o comentário feito pelo Salvador durante a sua actuação de ontem de baixo nível, inapropriado e de uma falta de respeito para com Portugal e para com os portugueses em particular com as vítimas do infortúnio a verdadeira razão pela qual deu a sua colaboração e participou no referido concerto e não me enganaria muito se dissesse que uma das razões pelo que muitos se deslocaram ao Meo Arena. Acho que só lhe ficaria bem um pedido de desculpas públicas incluindo ao mais alto signatário da nação presente neste concerto. Pela importância que passou a ter para a música portuguesa e pelo mérito que tem na mesma penso que deve ter mais cuidado com o que diz em público. Foi esse mesmo público que esteve consigo durante toda a sua caminhada em que de um simples desconhecido passou a herói nacional, embora não se sinta confortável com toda a situação que o rodeia actualmente devido à sua Victória internacional.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo08:06

    Fiquei triste

    ResponderEliminar
  9. Anónimo08:36

    sinceramente, vergonhoso, não deve ter o tempo todo... que bela oportunidade de estar calado...

    ResponderEliminar
  10. Anónimo08:46

    Muito mau!!
    Achei baixo nível as palavras ditas num momento de aplausos públicos! Este rapaz não filtra nem pensa no que diz... assim a sua fama e trabalho vão de certeza cair a porque! Desiludiu-me...

    ResponderEliminar
  11. Anónimo08:49

    Sinceramente nao percebo como ha tantos portugueses chocaodos com o que ele diz, desta ou de outras vezes, dizendo que o que ele diz e baixo ou que ele nao tem educacao.
    Se ele e portugues, como queriam que ele fosse?
    Esta no codigo genetico dele...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:57

      Esse comentario e simplesmente ridiculo.. Estas a dizer que os portugueses sao mal criados e nao tem educaçao... O que e mentira.. Se tu nao a tens é problema teu mas nao generalises uma naçao

      Eliminar
    2. Anónimo16:16

      Eu sou portugues e não sou assim. Já para não falar que ele tem muita genetica holandesa...lembro-me da Luisa ter dito isso.

      Eliminar
  12. Anónimo08:50

    Pessoalmente, nada contra a sua irreverência, espírito livre, loucura. Fico triste porque é um excesso e será mal interpretado. O concerto não era dele, ou só dele. As pessoas estavam ali por uma causa, e se estavam em massa a cantar Amar Pelos Dois, era vibrar e agradecer. Eu estava lá, não me senti nada ofendido. Não ouvi ninguém assobiar, mas uma gargalhada geral e as pessoas a dizerem "coitado, é avariado". No final, o pavilhão bateu- lhe palmas de pé. Lamento que estas atitudes o pissam afastar dos grandes palcos e eventos. Esperemos que a vida vá ensinando quepresença de espírito é loucura, com educação e atitude.
    Do ponto de vista artístico, foi brilhante!

    ResponderEliminar
  13. Anónimo08:53

    Coisa parva a de criticar o Salvador pelo que disse. Ele sempre foi assim: ele mesmo e brincalhão. Não fez nada mais do que "brincar" e como sempre faz. É um artista de altíssimo valor e sente-se em casa e o que diz ou deixa de dizer é mostrar-se tal e qual ele é. É assim e ainda bem. Defino-o: Genuíno. Sabem o que isso é? Temos pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:41

      Lolol é de rir!

      Eliminar
    2. Anónimo13:27

      Convida-o com sua "genuidade" para a homenagem quando um ente querido teu falecer e veja se gosta.

      Eliminar
    3. Anónimo05:36

      Há aqui gente que afinal nem entendeu do que se tratava ali. Sim, angariar fundos e "animar" um pouco os mais tristes. E olhem que conseguiu. Ahhh mas esta gente que adora deitar abaixo, ficar em baixo, chorar. Gostam tanto de chorar... Haja paciência!

      Eliminar
  14. Anónimo10:21

    Será que os familiares daqueles que faleceram no trágico acidente também acharam piada? De muito mau tom. Talvez caia mais rápido daquilo que se esperava.

    ResponderEliminar
  15. Anónimo11:13

    Atitude absolutamente inadequada face ao propósito do ivento. O dinheiro subiu-lhe à cabeça. Será mais um que com falta de humildade e educação não vai longe. Tal como ele próprio disse daqui a uns tempos já ninguem se lembra dele.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo11:34

    Consegui tolerar as declarações polémicas após a vitória na Eurovisão. Pensei que tinham sido mal interpretadas pela maioria discordante e que ele queria dizer outra coisa mais relevante, com a qual eu também concordo e me debato ano após ano, por ser fã do espectáculo há 20 anos e consequentemente querer que ele melhore. Mas ontem ficou tudo esclarecido. Fiquei triste e desapontado com este artista que podia ir mais longe se não tivesse saídas destas. Todos nós pensamos muita coisa. Temos é o discernimento de saber estar e de respeitar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:47

      Concordo.

      Eliminar
    2. Anónimo23:03

      eu tou com um feeling que ele vai levar assobios do publico portugues e estrangeiro no ESC 2018...espero estar errado.

      Eliminar
    3. Anónimo05:39

      Não dever ser "feeling"! Não será mais a ver com uma invejinha aí escondida e aquele tipo de prazer sádico de ver um ídolo cair?

      Eliminar
    4. Anónimo23:45

      05:39 Lol invejinha? Amigo... só se for da tua parte, deve ser projeção tua. Eu sou fa do Salvador e ja fui a 2 concertos(um deles em Malhorca). Parece que na internet tudo o que nao sejam elogios ao Salvador é uma ofensa ou inveja. Conselho: Não levem tudo a peito, porque ao fim de contas são esse tipo de reacçoes que acabam por inserir-se na critica social que ele fez no Concerto do incendio. Se acompanhasse o ESC saberia que assobios são uma coisa comum

      Eliminar
    5. Anónimo23:46

      5:39 E isso não será mania da perseguiçao de que todos querem ver o 'idolo' cair? Não é invejinha, eu adoro o Salvador. Se acompanhasses o ESC saberias que não seria a primeira vez.

      Eliminar
  17. Anónimo11:41

    Não era momento para piadas destas... varias famílias vitimas desta tragédia estariam certamente a ver e sem grande vontade deste tipo de humor... Era apenas um momento de partilha , de solidariedade e de união...como se vê pelos comentários tudo o que o Salvador conseguiu com esta piada foi dividir ...Acho que ele não quer ser famoso , sente-se incomodado com o facto das pessoas aplaudirem o seu talento...está no seu direito...para que foi ao Eurovisão então???para que concorreu aos Idolos??? Ser genuíno é uma coisa, ser propositadamente inconveniente é outra...Um evento transmitido em directo por todos, com o Presidente da República e da Assembleia , com os Bombeiros que lutaram ,etc... Não era momento para piadas de peidos...

    ResponderEliminar
  18. Anónimo11:52

    falta de respeito....mas entendo de quem vem....já estou habituado a pessoas deste tipo com total falta de educação...pior é quem defende este tipo de gesto....pode fazer o que bem entende em ambiente familiar....mas estava lá o presidente da
    republica o presidente da assembelia da republica....haja respeito....

    ResponderEliminar
  19. Anónimo11:53

    Foi despropositado. Ele pode dizer aquele tipo de coisas no seu concerto, não ali. As pessoas não estavam ali para ver o Salvador Sobral; estavam ali para ver 25 artistas e para ajudar uma região. Ele pode ter graça com as coisas que diz, mas às vezes mais vale cair em graça que ser engraçado! Além de despropositado (porque, realmente, as pessoas podiam estar a "curtir" o que ele estava a fazer), foi uma forma de se desvalorizar, como quem diz "estou a fazer a maior porcaria e estão todos a adorar" (o que, mesmo sendo uma porcaria, não implica que as pessoas não gostem!). Lamentável!

    ResponderEliminar
  20. Maria Botelho12:00

    Amei! Mas há que ter cuidado com o que se diz... daqui a nada, um hater ainda vai fazer uma versão de APL ao som de "peidos" :-) tal e qual como fizeram com gatos :-)

    #peidofreedom

    ResponderEliminar
  21. Anónimo12:04

    falta de respeito, não é por ele ter ganho a eurovisao que devemos achar isto bem...
    vergonhoso

    ResponderEliminar
  22. Anónimo12:22

    Criticam o Salvador por ter dito o que disse na gala, mas esquecem-se que ele contribuiu para a causa com as receitas dos seus discos e ainda ajudou a angariar mais de 1 milhão de euros no concerto. Muitas das pessoas que o criticam, provavelmente, nem se deram ao trabalho sequer de ligar para a linha solidária e gastar uns míseros 74 cêntimos nesta causa...

    Eu pessoalmente não achei mal nenhum o que ele disse, aliás tomei como um momento de descompressão e de boa disposição, o que é sempre preciso em momentos de alguma tristeza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:02

      Nao é por ele ter doado dinheiro que deixa de ser mal educado.

      Eliminar
  23. Anónimo12:32

    A frase foi fora de contexto, mas não vi o público ofendido, até pelo contrário! O Salvador até voltou a brincar trocando a volta a quem o queria acompanhar e foi girissimo!
    O artista foi mais uma vez brilhante! Adorei, foi sem duvida uma das melhores actuações da noite, embora tenham sido todas elas boas.

    ResponderEliminar
  24. Anónimo12:57

    Mal posso esperar pelo livro com 217 paginas que NOS vai dizer tudo sobre esta brilhante atitude

    ResponderEliminar
  25. Anónimo13:15

    Estou dividida... Gosto muito dele e fez-me tão feliz no Festival... Ele é assim... Mas realmente tem que ter mais cuidado. Irreverência sim, mas tem que pensar em que tipo de concerto se encontra... não era só dele e o fim a que se destinava. Tem um pouco de calma por favor Salvador. Isto é um conselho de alguém que gosta muito de ti e que já viu o festival dezenas de vezes e continua a chorar de alegria como se fosse a primeira vez que o viu...

    ResponderEliminar
  26. Anónimo13:31

    Não ficou bem é verdade mas ele já disse que as vezes sai_se com estas. É o homem dos improvisos hehe...adoro_o!

    ResponderEliminar
  27. Anónimo13:46

    Absolutamente vergonhoso indo para além da falta de educaçao e do baixo nível. O país é livre há liberdade de expressão mas uma coisa é axincalhar quando se está entre amigos, outra é falar para um país inteiro ainda de luto. A guarda defensora pode continuar a saltar nas galochas e esperniar mil justificaçoes ... Não há justificaçao que possa ser aceite.

    ResponderEliminar
  28. Vejo em muitos comentários muita hipocrisia. Uns dizem que o momento era de luto e portanto a piada era descabida, logo noutro contexto já era admissível, ora o que eu vi foi o público a rir, a saltar, a dançar a gritar, luto vi pouco. Outros o problema era " o Peido ", a palavra. Se ele dissesse, como já disse noutras ocasiões, Que a música é sentimento, não é foguetório e que quem lá estava não estava para ouvir música, mas sim para o foguetório, e pelo facto de ele ter ganho o festival as pessoas apoiavam tudo, fizesse ele o que fizesse, aqui sim ele ofendia mas estava cheio de razão. Utilizou o peido como metáfora, ai Jesus cai o carmo e a trindade. O que agradava a toda a gente era o discurso à Miss, " gosto muito das criancinhas e desejo a paz no mundo " SS não é assim, e não precisa de gente que goste dele, precisa é de gente que aprecie música, independentemente do que ele disser ou vestir. E prevejo que este miudo vai ser um caso sério na música portuguesa. Vai vender muito? Não. Mas quem vende muito, normalmente, não deixa marca. Quem deixa marca, vende pouco mas fica na história.

    ResponderEliminar
  29. Anónimo15:12

    Vejo em muitos comentários muita hipocrisia. Uns dizem que o momento era de luto e portanto a piada era descabida, logo noutro contexto já era admissível, ora o que eu vi foi o público a rir, a saltar, a dançar a gritar, luto vi pouco. Outros o problema era " o Peido ", a palavra. Se ele dissesse, como já disse noutras ocasiões, Que a música é sentimento, não é foguetório e que quem lá estava não estava para ouvir música, mas sim para o foguetório, e pelo facto de ele ter ganho o festival as pessoas apoiavam tudo, fizesse ele o que fizesse, aqui sim ele ofendia mas estava cheio de razão. Utilizou o peido como metáfora, ai Jesus cai o carmo e a trindade. O que agradava a toda a gente era o discurso à Miss, " gosto muito das criancinhas e desejo a paz no mundo " SS não é assim, e não precisa de gente que goste dele, precisa é de gente que aprecie música, independentemente do que ele disser ou vestir. E prevejo que este miudo vai ser um caso sério na música portuguesa. Vai vender muito? Não. Mas quem vende muito, normalmente, não deixa marca. Quem deixa marca, vende pouco mas fica na história.

    ResponderEliminar
  30. Rui F15:39

    Ontem chamaram-me a atenção para a beleza ímpar do momento, 14 mil pessoas a cantar Amar pelos Dois.... Fui à procura do link... Mas antes deparei-me com a polémica. Sou sincero, confesso-me grande admirador do Salvador-cantor mas começo a deplorar o Salvador-pessoa. Foi de tal maneira chocante, que ainda não tive coragem de ver o vídeo da sua atuação em público.


    Já o seu "Tão foleiro!" no final da atuação com a sua irmã Luísa no Coliseu dos Recreios como que a gozar com o último verso, precisamente o mais bonito, achei enormemente inoportuno e sempre que revejo o vídeo corto essa parte...

    Sem dúvida, a incapacidade de ter filtro foi já demasiadas vezes demonstrada pelo Salvador... Acho que pode decorrer de imaturidade associada à depressão que sofre devido ao seu problema cardíaco. Eu não o conheci antes deste problema ser diagnosticado, mas pode ser um traço de personalidade anterior ao mesmo. Tem de trabalhar com psicólogos urgentemente antes que consiga destruir a sua própria carreira.

    Uma pena a genialidade estar tantas vezes associada a distúrbios. Triste, muito triste.

    ResponderEliminar
  31. Anónimo16:53

    Quando é que voces vao perceberam que o problema nao está no peido mas sim no contexto em que disse aquilo. Haja paciencia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:01

      peço desculpa, quis dizer *vao perceber

      Eliminar
  32. Anónimo19:02

    Começo a ver que afinal havia razão naquele comentário do júri dos Ídolos 2009 sobre a atitude de Salvador no concurso:

    "No primeiro casting você vinha com confiança e, em determinado momento, essa confiança virou arrogância; um Q de superior, um Q de isto já está garantido. E o pior é que para um futuro ídolo, isso não encaixa."

    https://www.youtube.com/watch?v=Jf6BBGJ9wcc

    ResponderEliminar
  33. Anónimo21:47

    Disse o que muita gente gostaria de dizer e não tem coragem, apenas passa em pensamento, o contexto é que não estava adequado,

    ResponderEliminar
  34. Anónimo21:56

    Entendo que estavam figuras públicas(incluindo o presidente da República e afins), algumas dessas pessoas ainda fazem pior por trás do pano, pelo presidente ele sabe o que é um "peido", não fosse ele um homem do povo,.. Pelo Salvador..ele estava a querer dizer que não merecia tantos aplausos,foi a maneira que encontrou para demonstrar...

    ResponderEliminar
  35. Anónimo01:27

    As pessoas vão continuar a criticá-lo e julgar a personalidade dele, e estão a desvalorizá-lo agora enquanto artista. Ele já pediu desculpa pelo o seu momento importuno, as pessoas continuam a "morder". O "problema" é que ele fala com muita confiança, ele brincou com o público com sarcasmo, mas só se sentiu ofendido quem quis, "a carapuça serve a quem quer". Também convém ter um público verdadeiro. Problema é que o Salvador se calhar vai ter de começar lidar com o público de outra forma para não se prejudicar a ele mesmo mais uma vez, mas pronto lidamos com um mundo estranho e temos que viver com a hipocrisia e criticar a fragilidades dos outros.

    Eu admito que sou das pessoas que só o conheceu com o Festival da Canção, por culpa minha? provavelmente sim, mas foi uma surpresa agradável tê-lo conhecido. Ele podia ter-me tocado na ferida com o comentário, mas tenho noção que não sou uma pessoa hipócrita que só começou a dar o valor quando ele ganhou o ESC, por isso é na paz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:36

      Vai continuar a desculpar tudo o que ele faça até quando? Nem continua a morder nada.

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top