Já passava da meia noite quando dos céus do Porto e Vila Nova de Gaia se ouviu o hino da Eurovisão "Te Deum" e "Amar pelos dois" ao som dos primeiros disparos do monumental fogo de artifício. Milhares de pessoas cantaram a canção de Luísa Sobral e Salvador Sobral, como se de um grande coro se tratasse. 

Na noite de 23 para 24 de junho, considerada a mais longa da região do Porto, o monumental fogo de artifício que une ambas as margens do Rio Douro cativou milhares de pessoas que, de martelinho ou alho porro na mão, se divertiram de forma animada e muito descontraída. Para surpresa de muitos, a sessão de 15 minutos de fogo de artificio começou com o hino da Eurovisão, seguido da canção "Amar pelos dois", vencedora do Festival Eurovisão na voz de Salvador Sobral. O público acompanhou a canção, cantando em coro. O ESCPORTUGAL esteve no local. Foram milhares de pessoas, muitos dos quais turistas e estrangeiros, que acompanharam toda a letra. No fim, uma enorme salva de palmas. Veja o vídeo desse momento:

     

Uma hora antes, subiram ao palco da Avenida dos Aliados os Trabalhadores do Comércio, banda do Porto que se estreou no palco maior das festas da cidade. Não faltaram temas icónicos como "Chamem a Polícia", "A Cançom Que o Abô Minsinou", "Taquetinho" ou "Tigres de Bengala", com a qual participou no Festival da Canção de 1986. Diana Basto foi a convidada especial, como se pode ver nesta foto de Igor de Aboim:



Após o fogo de artifício na Ribeira, foi a vez do espetáculo dos GNR. Diversos outros palcos proporcionaram animação durante toda a noite, localizados em Lordelo do Ouro (Jardim do Calém), Cordoaria (Largo Amor de Perdição), Miragaia (em frente à Alfândega do Porto), Alameda das Fontainhas, Massarelos (Cais das Pedras), Foz do Douro (Avenida D. Carlos I) e Campanhã (Estação de Recolha de São Roque). Neste palco, Rui Bandeira cantou, com a sua banda, alguns dos seus êxitos.

Na margem de Vila Nova de Gaia, destacou-se o concerto de José Cid. Durante mais de 90 minutos, o célebre intérprete e músico passou em revista alguns temas que fazem parte das nossas vidas, não faltando "Um grande, grande amor".


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: ESCPORTUGAL / Vídeo: YOUTUBE

9 comentário(s):

  1. Anónimo16:52

    Que jogada de mestre da área metropolitana do Porto fazer está abertura x-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:33

      Lol até podiam tocar a conchinha que nas mudava lol

      Eliminar
  2. Ricardo Alves17:23

    Music is not fire work. 😂😂😂😂😋

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é sentimento, nem que esse sentimento seja atracção física e sexual (como é o caso do "I can't go on") ou o sentimento de querer fugir da norma ao cantar música tirolesa no meio da rua ("yodell it") ou outros sentimentos que fazem parte da condição humana (como ódio, ciúme, amor, compaixão, fé, dúvida, negação, desaorientação, alegria, ráiva, tristeza, schadenfreude, etc etc)

      Eliminar
    2. Gostei muito deste seu comentário.
      A diversidade de sentimentos e respeito por quem os tem...

      (A primeira vez que envio msm neste comunicador)

      Eliminar
    3. Anónimo15:59

      Winterwind também gostei muito do seu comentário. E acrescento que uma música que emociona uma pessoa não é necessariamente aquela que emociona outra, e uma música que nos emociona num determinado momento pode não nos fazer sentir o mesmo noutra ocasião. A conglomeração de pessoas que se juntam para ver o fogo de artificio numa noite de São João, é a prova que até os fireworks provocam emoções fortes e momentos que podem ser inesquecíveis. A razão porque a Eurovisão tem tantos entusiastas é também uma comprovação das emoções fortes que um espetáculo de entertenimento, cheio de cor e artifícios, pode fazer sentir. Realmente sinto pena daquelas pessoas que vivem vidinhas sem sal e que para sentir a vida a correr nas veias se limitam à "música real", às baladas lamechas e ao sentimentalismo piegas ( aquele tipo de canção que a mim me faz sentir uma certa aversão, mas ainda assim um sentimento válido e verdadeiro )...

      Eliminar
  3. Anónimo20:23

    Muito bom. Na proxima vez que Portugal ganhar o ESC quero a Eurovisao ca no Porto ja com o Palacio de Cristal remodelado. Temos imensa capacidade para isso.
    Desta vez vamos la Lisboa fazer um excelente evento...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui Ramos10:26

      Se o projeto de remodelação se mantiver, o palácio de cristal vão continuar muito pequenino

      Eliminar
  4. Anónimo04:11

    Mais um excelente artigo, e mais uma noite de classe no Porto e VNG. Parabéns de Lisboa! 😋

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top