A vitória de Portugal com a canção "Amar pelos dois" de Luísa Sobral para a voz de Salvador Sobral, está a ser destacada pela imprensa de todo o mundo. Fazemos uma breve ronda pelos media estrangeiros.


Os principais jornais de todo o mundo destacam a simplicidade e o brilho da atuação do intérprete português Salvador Sobral na noite de ontem no palco do Festival Eurovisão 2017. Em Espanha, o El Mundo escreve em título "Salvador Sobral, o homem simples que nunca amou a Eurovisão", enquanto o El Pais escreve que foi "um golpe de modéstia". O canal privado Antena 3 destaca que a vitória portuguesa "demonstra que a Eurovisão não é política".No Reino Unido, o The Sun diz que "Salvador pôs Kiev em chamas". O site da BBC sublinha que é a primeira vitória portuguesa no concurso, tal como o jornal Mirror, que lembra que Portugal não ganhava há 53 anos.

Em França o jornal Le Monde salienta em título que Portugal ganhou pela primeira vez o concurso, destacando o facto de Salvador cantar em português. O Ledepeche atualiza as suas notícias, frisando as reações em Portugal, nomeadamente as declarações políticas e populares sobre a vitória. O Lacroix faz todo um editorial sobre a vitória portuguesa. "Será uma bela história que a Eurovisão terá para contar", escreve.

Do outro lado do Oceano, nos Estados Unidos da América o site do canal CNN destaca a vitória de Portugal com uma imagem de Salvador e da irmã Luísa, enquanto o site do canal CBS cita, em título, as palavras do próprio artista depois de ganhar: "Música não é fogo de artifício, a música é sentimento". 

No Brasil, são vários os orgãos de informação que falam no tema. O Globo lembra que a Eurovisão é o mais antigo e tradicional concurso da Europa, a Folha de São Paulo destaca que é a primeira vez que Portugal ganha e o Terra Brasil diz que Salvador arrasou tanto nos votos do júri como no televoto. 


 Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: GOOGLE / Imagem: EUROVISION / Vídeo: YOUTUBE

8 comentário(s):

  1. Felicidades vecinos! Os merecéis esta victoria tanto como nosotros el último puesto x-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:13

      :)

      Eliminar
    2. Gracias a ti por tua palavras,es una pena por España. Vosotros estais en nuestros corazones como nuestros hermanos

      Eliminar
    3. Gracias a ti por tua palavras,es una pena por España. Vosotros estais en nuestros corazones como nuestros hermanos

      Eliminar
  2. Anónimo17:18

    Salvador Sobral surpreendeu-me bastante, antes da grande final e depois de impressas, televisões, redes sociais, casas de apostas e sites eurovisivos elogiarem a canção portuguesa, nessa altura pensava que Portugal passava á final mas depois ficava entre os lugares 11 e 19 da final, como aconteceu com a Vânia Fernandes em 2008.

    ResponderEliminar
  3. Muitos Parabéns ESCPortugal por todo o trabalho e empenho. Boa sorte para o próximo ano ... desta vez matéria não vai faltar até Maio 2018!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo18:02

    Anónimo das 17:18, não desmerecendo o potencial da canção, se a RTP não quisesse ganhar, não ganhariamos. Neste ano decidiram dar o máximo para trazer a organização para Portugal.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo18:09

    Gracias Pablo G.! :)

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top