Chegamos ao quinto dia de ensaios técnicos em Kiev. Hoje, pela primeira vez, a imprensa terá acesso à arena, sendo que será possível haver a filmagem dos ensaios na integra. Fique connosco!



07:32 - Bom dia! Sejam bem vindos a mais um dia de ensaios técnicos. Hoje, damos início a mais uma ronda de ensaios, sendo que, tal como é habitual todos os anos, tornar-se-à possível haver imprensa presente dentro da arena. Portugal irá subir ao palco através de Luísa Sobral pelas 12:20. Acompanhe-nos em permanência!

08:15 - A Suécia foi o primeiro país a pisar o palco hoje. A delegação sueca optou por trazer uma versão ligeiramente melhorada da atuação do Melodifestivalen. O roxo e o azul predominam enquanto cores escolhidas. 




08:45 - Ao contrário do esperado, a Geórgia não apresenta grandes rasgos de inovação na sua actuação. Os tons de vermelho acompanham a interprete no início da canção até ao momento da entrada do refrão onde os painéis LED mostram um mesclado entre o cinzento e o vermelho. O vestido da Tamara também é vermelho. 




09:05 - Segue-se a Albânia, que por questões logísticas, trocou novamente a sua posição de ensaio com a Austrália. A prestação albanesa em palco vai muito de encontro àquela que temos notado nas vezes em que a interprete tem actuado ao vivo. Lindita apresenta um dos melhores vocais a concurso, sendo que faz questão de mostrar isso em palco. Os painéis LED voltam a ser a base do video clip de World.




09:45 - A Austrália foi o país seguinte a subir ao palco. A prestação em palco do interprete da canção do país é no mínimo competente. Não existem quaisquer pontos a serem revelados quando a possíveis falhas. Os painéis LED deverão mesmo ser uma réplica dos próprios movimentos do cantor em palco. Neste caso, certamente que os planos de cameras serão determinantes. 




09:55 - A Bélgica volta novamente a provar que poderá ser a grande desilusão desta edição do Festival da Eurovisão. Das prestações que se pretendiam mais distintas dos outras, parece que o mais banal é que foi apresentado. Blanche apresenta-se em palco com um longo vestido branco e estática. Os painéis LED retratam vários esquemas gráficos em azul e cinzento.




11:10 - Montenegro tinha tudo para se revelar um finalista surpresa nesta edição do ESC. Seria capaz de um apuramento surpresa, mas com a actuação que leva ao palco, Slavko fica imediatamente arredado da final. Tudo está centrado num exagero sem limites que destoa aquilo que podia ser uma canção animada interpretada por um cantor muitíssimo capaz. O rosa, o roxo e as luzes ofuscantes são presença forte em palco.





11:45 - A Finlândia demonstra através deste ensaio ser um dos países com mais possibilidades de alcançar a vitória do voto do júri. O tom dark dado à atuação dos Norma John, aliando com uma interpretação sem falhas relevantes da interprete do tema e escolha correcta de jogos de luzes e fundos para os painéis LED, faz com que hajam francas possibilidades de sucesso para o país nórdico.





12:04 - Tal como sempre, o Azerbaijão apresenta fantásticos elementos de palco no que toca à cenografia. São exímios nisso. Ainda assim, também já vem sendo tradição, escolherem interpretes com défices vocais para a canção que levam ao palco. Todavia, a cenografia apresentada pelos azeris é de facto diferente e com os planos de câmaras, deveremos ter uma ideia melhor e mais aprofundada do real impacto destes elementos. Os tons escuros com uma cidade em ruínas servem de pano de fundo nos painéis LED com a espécie de ardósia gigante e o homem-cavalo a completar a cenografia. Poderão mesmo um dark-horse este ano.





12:40 - É um facto... Portugal prima pela diferença nesta semifinal. Adoptando um fundo de árvores nos painéis LED, dando a entender que será uma floresta encantada, a actuação portuguesa centra-se de facto no intérprete. De acordo com aquilo que chega de Kiev, Portugal terá a melhor realização até agora. Nada a apontar à Luísa enquanto intérprete, ainda que o Salvador deverá dar uma alma diferente à condução do tema, tornando tudo mais autêntico.





13:02 - A Grécia segue-se no alinhamento. O carisma de Demy é um dos pontos mais fortes da candidatura que tem recurso a projeções, a uma plataforma e ao tão eurovisivo truque do desaparecimento. O refrão é o ponto mais fraco: a entrada de Demy e a sua junção às vozes dos backing singers não está a resultar como esperado. Será que o público em casa gostará?



13:34 - Depois de um primeiro ensaio muito agridoce, a Polónia corrigiu todos os erros e Kasia esteve melhor que nunca. As questões de iluminação foram resolvidas e Kasia Mos esteve muito bem durante os ensaios desta tarde. O jogo de câmaras foi muito elogiado na arena e o apuramento parece estar mais próximo...



14:13 - É impossível ficar indiferente à canção da Moldávia. Animada e contagiante, Hey Mamma promete cativar toda a Europa. Depois das críticas ao figurino das backing singers, estas subiram ao palco com vestidos tradicionais de noiva. A nível técnico, as alterações foram residuais... O apuramento parece não estar garantido, mas a boa disposição está!





14:40 - Depois dos problemas com as bagagens, Svala subiu ao palco com o figurino final e provavelmente é um dos candidatos ao Barbara Dex Award. Vocalmente a cantora está irrepreensível, mas todo o seu poder vocal parece não ser suficiente para "encher" o palco... As opiniões são unânimes: falta algo no cenário para que a candidatura seja memorável.



15:01 - Uma coisa é certa: Martina sabe namorar as câmaras. Confiante, a cantora mostrou-se muito capaz nos ensaios de hoje com uma interpretação muito melhor que a apresentada na versão estúdio da canção. O palco começa com tons roxos fazendo, lentamente, a transição para tons dourados. Espera-se um bom momento de televisão, mas o apuramento... veremos na terça-feira.




15:30 - Hovig, representante de Chipre, é o último a ensaiar. A candidatura apresenta um excelente trabalho de câmaras e o cantor esteve bastante seguro na interpretação. Na arena fala-se que alguns dos elementos foram reciclados da atuação da Rússia do ano passado... Vai ser uma das atuações mais marcantes em casa, mas não é certo se tal chegará para o apuramento.




Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovision.tv / Imagem: eurovision.tv / Vídeo: ESCKaz/Eurovision.tv

28 comentário(s):

  1. Anónimo08:29

    Obrigada escportugal. Assim é prático ao longo do dia eu ir espreitando os ensaios

    ResponderEliminar
  2. Anónimo10:13

    Coitada da Bélgica, uma música tão eletrónica e recente, e ela vestida como se fosse casar, podia ter escolhido melhor!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:32

      É que nem se pedia que ela dancasse, um visual mais adequado à música e uma melhor performance vocal da Blanche bastavam para que a música resultasse.

      E sinceramente não venham com as desculpas da idade. O Isaiah e o Kristian também têm 17 anos e estão a mostrar o que valem. E não vale a pena virem com desculpas( como li no Wiwiblogs) que esta música devia vencer a nossa SF pelo potencial. Desculpem mas isto não é um concurso de jovens talentos e onde ela pode vir a boa daqui a 10 anos. Ela tem de elevar o jogo agora, e os fãs não podem vir com palmadinhas nas costas só porque tinha uma boa versão de estúdio.

      Eliminar
    2. Anónimo10:59

      Concordo
      Eu nunca tive a Bélgica como favorita quando quase toda a gente venerava, mas tinha uma canção que era diferente das demais e podia se destacar, mas com os ensaios só me deu razão

      Eliminar
    3. Anónimo14:17

      A Bélgica este ano é um acidente à espera de acontecer. Espero que fique pela semifinal. Tirando o instrumental e um videoclip mais ou menos bem amanhado, tudo o resto é dum mau gosto atroz.

      Martim de Deus Menisco

      Eliminar
  3. Anónimo10:26

    A voz da Blanche está um pouco melhor, mas o resto é tão sensaborão e os moviemntos são completamente mecânicos, sem serem in teressantes... Será que poderá chegar a não se qualificar?

    ResponderEliminar
  4. Vamos apoiar a nossa música no Eurovision Song Contest em Kiev?
    Alterem o vosso mural e divulguem a nossa canção! Vamos mostrar que o Salvador Sobral pode AMAR PELOS DOIS <3
    Aqui fica o link para fazerem o download da imagem https://we.tl/hr7t6JXfgx E não se esqueçam de usar a hashtag #salvadorable ;)
    Mais info em: http://ondevaiogato.blogspot.pt/2017/05/vamos-apoiar-portugal.html

    ResponderEliminar
  5. Anónimo11:25

    A belga tem de beber um tintol antes de atuar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:03

      A Bélgica não fica no sul da Europa =)) =))

      Eliminar
    2. Anónimo16:29

      Exato nao se esquecam que eles nao gastam dinheiro em copos e mulheres... Enfim

      Eliminar
  6. Anónimo11:35

    Montenegro :-) :-) eurovisão no seu melhor!!!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo11:40

    credo, montenegro...............

    ResponderEliminar
  8. Anónimo11:47

    Se o Montenegro tiver um bom resultado, para o ano mandamos o Carlos Costa!

    ResponderEliminar
  9. Posso falar: Albânia na FINAL!!!!! AMO DEMAIS!!!!!

    ResponderEliminar
  10. Montenegro e esse Slavko são apenas uma farça! Ano que vem espero melhor Montenegro!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo12:01

    Que horror o do Montenegro.Fica pelo caminho.

    ResponderEliminar
  12. Até agora na final: Albânia, Finlândia, Portugal, Geórgia e Azerbaijão.

    ResponderEliminar
  13. Anónimo13:41

    Plágio descarado, carisma de uma pedra, vocalmente incapaz, vestida de noiva num pop eletrónico meio alternativo. Tantos problemas numa única candidatura? Bélgica certamente fora da final. E com uma das melhores músicas do ano. O que me chateia é que vai afugentar outras músicas parecidas do próximo ESC

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:02

      Ao que parece, o número de países (televisões) que se recusam a vencer o ESC está a aumentar...

      Eliminar
  14. Anónimo13:47

    Eu adoro, amo, venero o Salvador mas ainda bem que existe uma Luísa por detrás disto tudo. XD

    ResponderEliminar
  15. Anónimo14:15

    Portugal com uma "floresta encantada"... Submergida no fundo do mar???? A letra já é tão patética e sem sentido (ou psiquicamente doentia, como queiram), agora escolhem um fundo bizarro, que nada tem a ver com a letra, e falam em 'fairytale'? Quem não perceber português pode "engolir" essa, pois a sonoridade MPB leva para esses ambientes, como provam as versões em língua não portuguesa: Criaram uma nova letra para a música e interpretação MPB, o que pode estar a dar pontos ao Salvador (que é isso que importa, ao fim e ao cabo).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:12

      Letra patética? Lol. O que é para ti uma boa letra de música, falar de amor e dizer sem vezes que o encontram e perdem a sua Verona

      Eliminar
    2. Anónimo16:23

      Anónimo 15:12, os plágios para mim valem zero, daí não perder tempo a pensar neles, quanto mais a comentá-los (as desculpas por isso). Referente ao que é uma boa letra, ela é algo de relativo e diverso, mas grosso modo é algo de original (independentemente de ser divertida, filosófica, etc), que aporta sentimento e mesmo contendo um 'je ne sais quoi' não é algo enferma, ao qual, após ler ou ouvir, não dar azo ao "não te trates, não", que é o que se pode dizer de algo bizarro, patológico, que não tem pés nem cabeça. É o aso desta letra, que pode dar azo a internamento hospitalar se houver perseguição à outra parte...

      Eliminar
  16. O maior concorrente de Portugal é a Finlândia. E se Portugal ficar melhor classificado do que a Finlândia, então já ganhamos o que tínhamos para ganhar este ano, escrevam o que eu digo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:08

      Isso é o que você diz, TR. As músicas dos dois países são de géneros completamente diferentes e não têm nada em comum, a não ser serem calmas. A da Finlândia, mesmo assim, é em tudo anos-luz melhor que a de Portugal (originalidade, composição, instrumental, etc.). E, como acontece todos os anos, há músicas perfeitas que ficam muito abaixo, assim como canções miseráveis que foram sobrevalorizadas. Desta forma, independentemente do resultado final, um maior número de votos, tal como acontece na Política, não é sinónimo de qualidade.

      Eliminar
    2. Não falei em maior número de votos ser sinónimo a qualidade, até porque gosto de ambas as músicas, no entanto continuo com a minha opinião.

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top