Salvador Sobral gravou ontem uma entrevista no programa "Grande Entrevista" da RTP, que será transmitida em breve.

Todas as semanas, Grande Entrevista apresenta um protagonista da vida portuguesa, que responde às perguntas do jornalista Vitor Gonçalves. Na próxima edição, o convidado é Salvador Sobral, representante de Portugal no Festival Eurovisão 2017. Durante cerca de 1 hora, Salvador foi convidado a falar, não só da sua carreira na área da música, mas também da sua vida pessoal, gostos e até de política. Foi uma entrevista "muito interessante", revelou o próprio numa conversa que manteve, esta manhã, com Joana Martins num vídeo transmitido em direto pelo facebook, como pode ver AQUI. A entrevista foi gravada ontem. 

O programa poderá ser visto na próxima semana no dia 19 às 23h05 (RTP3) ou no dia 20 pelas 03h00 (RTP1) e 05h22 (RTP Internacional). 

Recorde-se que Salvador Sobral ganhou o Festival da Canção com a canção "Amar pelos dois", de autoria de Luísa Sobral, representando Portugal no Festival Eurovisão da Canção. No próximo dia 9 de maio, será a 9.ª canção a subir ao palco do Centro Internacional de Exposições de Kiev, Ucrânia. 



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: SALVADOR SOBRAL /Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE


20 comentário(s):

  1. Anónimo15:49

    Será que alguém pode pedir um esclarecimento à RTP? Na entrevista que deu hoje à Joana Martins ele fala dos seus 2 concertos dia 30, mas a RTP nos comentários está a dizer que ele sabe que tem de estar em Kiev dia 30 e que vai ensaiar nesse dia... Acho que era importante um esclarecimento público ou semi-público, nós merecemos uma garantia de que as coisas estão a correr bem..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que o esclarecimento veio nesse comentário no facebook, mas também gostava que fossem mais claros

      Eliminar
    2. Anónimo17:01

      Acho que é óbvio. Ele ensaia de manhã, voa para Portugal de Tarde, e volta para Kiev no dia seguinte para fazer o processo todo da Eurovisão.

      Ele pode não ser eurofã, mas tenho a certeza que vai cumprir as regras todas. Sei que os que não são fãs dele e da música focam muito em ele não falar numa vitória. Eu por acaso gosto do discurso dele porque não gosto nada da postura tipica de se ser falso e dizer que é uma questão de vida ou morte, que vai trazer Portugal nos ombros etc.

      Como ele disse no Inferno, se ele sabe a música e sabe como a cantar não tem motivos para entrar em pânico. Sei que vão dizer que os outros também o sabem e têm nervos, mas isso é uma questão pessoal e de postura dele.

      E acredito que o facto de não ser um eurofã não vai pesar na hora dos votos( primeiro porque a maioria do público não se preocupa com essas pequenas coisas). Em segundo lugar o juri não vai inquirir o Salvador sobre esses aspectos, ou seja basta estar no ensaio onde eles votam fazer a actuação limpinha que ele deve conseguir uma boa pontuação.

      Não quero exagerar ao ponto de dizer que vamos vencer o ESC, mas se tudo correr bem( e acredito que sim) acho que pelo menos um top 10 conseguimos fazer este ano. E quem não vê esse potencial, ou acha que nem passamos a SF deve ter ouvido muito mal as músicas da nossa Eliminatória.

      Eliminar
    3. Anónimo17:52

      Tem concerto às 12h e à noite. Acha possível essas viagens? Principalmente não havendo voos directos?

      E espero que tenha razão quanto ao facto de ele saber bem a canção. Mas a verdade é que a Eurovisão é um evento gigantesco que vai ter imensa gente a assistir não só ao vivo como pela TV, e os nossos representantes têm a tendência de só se aperceberem disso quando chegam lá (e depois dizem sempre nas entrevistas "só me apercebi da dimensão da Eurovisão quando cheguei"), espero que a surpresa não deixe o Salvador nervoso...

      Eliminar
    4. Anónimo18:31

      Continuo a dizer que sendo uma pessoa de saúde frágil, e para mais, não havendo voos directos, e sendo as distâncias ainda bastante longas, um cenário em que compareça aos dois eventos não me parece possivel. Nem sequer recomendável. Quando for para Kiev é para estar concentrado nisso!

      Eliminar
    5. Anónimo19:11

      A Diferença é que os anteriores representantes iam com o sonho de participar na Eurovisão e com a pressão de representar Portugal. E acredito que o Salvador aguenta a pressão, ele foi o único que aguentou a pressão de cantar no coliseu este ano mesmo sem qualidade de som( algo que nao aconterá lá). Porque gostem dele ou não, tanto os Viva la Diva como o Pedro patinaram à grande na final do Festival. E se patinaram aqui nem quero imaginar o que seria em Kiev.

      Eliminar
    6. Anónimo19:48

      nem os Viva La Diva nem o Pedro patinaram na final, ainda que o Pedro estivesse um pouco mais aquém que o trio. Mas se dissesses que patinaram na semi final, aí sim ainda era capaz de concordar. Ambos teriam boas prestações em Kiev.

      Eliminar
    7. Anónimo20:31

      Pessoalmente acho que estiveram não tão bem como o Salvador, mas é uma opinião pessoal. Tal como acho que pelo menos a música do Pedro por mais que fosse boa a prestação não passaria a SF. Mas uma vez mais é uma opinião pessoal, e respeito quem ache que teria mais hipóteses do que o Amar pelos Dois.

      Eliminar
  2. Anónimo15:57

    Excelente Salvador

    ResponderEliminar
  3. Anónimo17:01

    Interessante o horário de exibição na RTP Internacional, cuja maioria de espetadores tem até a possibilidade de votar na canção portuguesa no dia 9 (especialmente se a conhecer, bem como ao seu intérprete): 05.22. Na RDP Internacional (que, desde há anos, integra o grupo RTP) nunca a canção é passada, na RTP Internacional idem. Provavelmente chamar-me-ão "hater", acharão que eu preferia que tivesse ganho a canção que ficou em segundo lugar (como se só houvesse duas e apontar falhas na promoção da vencedora significasse de imediato preferência por outra), mas custa-me ver quão displicente é a representação portuguesa (escrevi "representação"; não escrevi "canção" ou "atuação"). Depois, claro, se os espetadores preferem Toni Carreira e outros (cujo profissionalismo não ponho em causa) que têm espetáculos transmitidos às 21.00 ou 22.00, é porque são ignorantes ou têm mau gosto... O bom gosto está todo em Portugal, onde, infelizmente, não se pode votar... por Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:01

      Não é uma questão de Hater é uma questão de direitos televisivos. Na RTP 1 que é em Portugal também dará num horário tardio e nem todos verão da RTP3. Depois não se pode votar via RTP internacional na nossa música, tu só podes votar através dos números do canal do país onde estás a assistir.

      Eliminar
    2. Bernardino das Coives18:28

      Bota pra tráz na box

      Eliminar
    3. Anónimo18:29

      Já pensou que o horário da RTP Internacional pode ser a pensar em vários fusos horários. Na Austrália sera de tarde, por exemplo. E eles, nomeadamente, a comunidade portuguesa poderá ver e votar na canção...

      Eliminar
    4. Anónimo18:37

      18:01 - Desculpe, mas quem vive no estrangeiro pode votar sim; não pode é votar no número fornecido pela RTP, como é óbvio, porque é um número português. E muitos que vivem no estrangeiro veem a RTP Internacional e não os canais generalistas portugueses (não acessíveis por cabo). Mas quantos conhecem a canção portuguesa? As últimas vezes que a RTP Internacional promoveu a sua canção no ESC foram 1999 e, embora muito menos, 2012. Quanto a questão de direitos, mais uma vez desculpe, mas a sua observação não faz sentido: então o programa pode ser transmitido às 5:22 e não pode ser transmitido antes por causa dos direitos?!
      18:28 - Há países (três exemplos, geograficamente diferentes: Alemanha, Bulgária e República Checa) onde se tem acesso à RTP Internacional por cabo, sem "box", pelo que não se "bota pra tráz na box".

      Eliminar
    5. Anónimo19:08

      Sou o anónimo das 18.01 e eu disse que podiam votar, com os números fornecidos pelos canais onde moram. Disse o mesmo que você, no sentido que apenas não podem pelos números da RTP. Quando falei de direitos falei da transmissão do ESC, que nem sempre estes eventos podem ser transmitidos pela Internacional e sem responsabilidade alguma da RTP

      Eliminar
    6. Anónimo20:16

      18:01 - Sem pretender qualquer polémica, repare: se a entrevista com S. Sobral é transmitida às 05.22, é porque não há matéria de direito(s) que impeça a sua transmissão a outra hora; nenhuma regra internacional impede também a RTPInt. de apresentar com regularidade a canção sua representante no ESC e a ela ir habituando os seus espetadores. O mesmo (não) acontece na RDP Internacional: nunca se ouve a canção portuguesa. Foram estes os aspetos que frisei no meu comentário e nunca a eventual transmissão por esse canal de eventos internacionais ligados ao ESC para ao quais há que respeitar a questão dos direitos. Não aprecio muito a canção portuguesa (ou melhor a interpretação da canção), mas "torço" por ela e choca-me ouvir várias vezes ao dia as canções da Áustria e da França, por exemplo, nas rádios desses países, ver os "clips" das músicas da Grécia, da Bulgária, da Macedónia ou da Roménia em canais de TV internacionais desses países e não ver a RTP/RDP fazer o mesmo... Não se trata de (des)obedecer a regras; trata-se de falta de empenho.

      Eliminar
  4. Anónimo19:03

    !8:29 - 05.22, na maior parte dos países participantes são 06:22 ou 07:22. E, de qualquer modo, o que têm os fusos horários a ver com o facto de a RTP Internacional não divulgar a canção? Basta comparar com estações (vistas além-fronteiras) de países tão diferentes como França, Macedónia, Bulgária ou Grécia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:39

      Engana se. Nenhum pais transmite as 6. O pais que transmite mais cedo e a Islandia as 7 e é a unica.. Apartir daí é Portugal e UK as 8 e os outros as 9,10 ou 11

      Eliminar
    2. Anónimo21:25

      20:39 - Desculpe: leu do que se falava? Da entrevista a S. Sobral, transmitida às 5.22 na RTP Internacional. Quem falou na Islândia? Quem falou noutros países a transmitirem-na?

      Eliminar
    3. Anónimo21:47

      E já agora anónimo das 20:39 a Islândia tem o mesmo fuso horário de portugal se não me engano...

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top