Apesar da polémica em torno da sua participação no Festival Eurovisão 2017, Julia Samoylova, representante da Rússia, gravou o postcard para a competição.

Julia Samoylova, cantora escolhida pela emissora russa para o Festival Eurovisão 2017, está atualmente proibida, pelos serviços de segurança da Ucrânia, de entrar em território nacional ucraniano, algo que impossibilita a sua participação no concurso. No entanto, enquanto decorre este impasse entre a Ucrânia, a Rússia e a EBU/UER, a cantora gravou o postcard para a competição, apesar da sua participação não estar garantida.

Nas redes sociais, muitos são os eurofãs que garantem que a gravação do postcard é sinal de que foi alcançado um acordo entre as emissoras da Ucrânia e da Rússia. Contudo, até momento, nenhum dos organismos, nem a EBU/UER, entidade máxima do certame, fez qualquer comentário adicional sobre a situação.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: Eurovoix/ Imagem: Eurovoix

13 comentário(s):

  1. E a provocação continua... daqui a bocado também vai estar a embarcar para Kiev para armar espetáculo enfim... russos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. J.O. com este tipo de provocações eles ainda têm a sorte de sacudir a água do capote mais facilmente com o argumento de que a Ucrânia não os deixou participar colocando obstàculos a toda a hora e no final solicar a alguém da Ucrânia ou da UER/UBU uma indeminazação por danos morais patromimoniais e não patrimoniais pelos danos causados...desta telenovela já se viu de tudo um pouco...Estou para ver o final desta história, onde claramente a Rússia é a grande culpada, no entanto, a Ucrânia também tem a sua quota culpa nesta história...factos são factos, e contra factos não há argumentos...

      Eliminar
    2. Anónimo17:08

      Que provocação? Quem grava os postcards sao representantes da EBu e da emissoa anfitria como tal nao vejo qualquer provocação mas sim um acordo entre todos. Muito bom para ambas.

      Eliminar
  2. Pelo visto a Russia irá participar. Otimo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jefferson Lamas Macaronel, isto não prova que a Rússia vá participar, apenas está a ser adiantado trabalho. A participação da Rússia OFICIALMENTE não está confirmada.

      Eliminar
    2. Verdade, talvez foi conversado algo secretamente. E de qualquer forma, como está sendo gravado na Russia, realmente não prova nada mesmo. Estou apenas na torcida.

      Eliminar
    3. Jefferson Lamas Macaronel duvido dessa conversação secreta que referes até porque estamos a falar da Ucrânia e da Rússia. Relativamente ao centro da notícia em si, o postcard só fica completo com filmagens do país anfitrião. Eu não estou na "torcida" como referes; estamos a falar de um país que ocupa actualmente ILEGALMENTE e ANTIDEMOCRATICAMENTE território ucraniano, um país que atenta contra a dignidade humana/direitos humanos da população ucraniana (bem como outras etnias ao longo do tempo), da população LGBTIQ+, etc...Além disso a escolha da Julia Samoylova foi uma clara provocação à Ucrânia! Para além do facto de que a Julia Samoylova está a ser usada para tudo e mais alguma coisa, vamos a factos: levar uma rapariga com certo grau de incapacidade, com uma musica medíocre e ver quem é que tem coragem agora de dar apupos? Mandar uma pessoa com incapacidades para ver se limpam a imagem para terem pena de eles. E ela não tem culpa nenhuma, e estam a iludi-la, usá-la, manipula-la. Vergonhoso a todos os níveis. A Rússia é sábia neste tipo de comportamento. Historicamente sempre foram assim. Então a forma como jogaram em ambos os lados na Segunda Guerra Mundial é primoroso! Avançam com esta senhora para que nao seja maltratada pelo publico em Kiev. Se apuparem a cançao, quem fica mal no filme sao os ucranianos. Se fizessem uma final nacional, seria justo e não tínhamos nada a dizer mesmo se ela ganhasse. A questão aqui é que foram eles que escolheram e já se percebeu porquê. Neste caso estão a usar a cantora para atingir os fins que desejam. Escolheram uma artista que por acaso violou as leis da Ucrânia (pisando solo ocupado sem permissão da Ucrânia) e que está proibida de entrar em território ucraniano durante 5 anos. Mas foi uma decisão completamente ingénua xD A Rússia é do pior que há...mas não é caso único no mundo, infelizmente. No final de contas ninguém agiu correctamente, pois a Ucrânia também não tem agido totalmente de forma correcta perante a situação em causa.

      Eliminar
  3. Anónimo17:08

    Muito bom. Ainda bem que chegaram a um acordo (provavelmente)

    ResponderEliminar
  4. Anónimo17:42

    Espero bem que participe. A Ucrânia tem de aprender

    ResponderEliminar
  5. Julia Julieta18:00

    A Russia Agressora acabar sempre por vencer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo07:30

      Esta errada. Quem ganha somos todos nos pois estamos a unir a europa e nao a afasta la. Alias e para isto que serve o concurso. Independentemente de tudo, a Ucrania e que fica mal porque e quem esta a provocar esta politica no concurso

      Eliminar
  6. Espero que tenham chegado a um acordo, mas cá para mim acho que já ouve uma valente circulação de massa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Renato Pereira, mesmo assim duvido muito, se fosse verdade estariamos a falar de MILHÕES(!), de qualquer forma estamos todos para final como acabará esta "telenovela" eurovisiva...e por falar de "telenovelas" eurovisivas...estou para ver como será a temporada eurovisiva do Manuel Navarro em Kiev, depois do escândalo da sua escolha antidemocrática e que pôs em causa milhares de votos (através de dois jurados!)...há uns anos atrás a europa unia-se quando algumas informações fidedignas e atitudes político-comportamentais (e outras atitudes também) vinham a público, agora parece que não vale de nada boicotar votos a este ou aquele país porque haverá quem vote neles...eu por esta ou aquela razão (devidamente fundamentada) não voto em determinados países por motivos políticos, gosto musical, e outros...de qualquer forma gostos não se discutem, mas atitudes aí sim qualquer pessoa terá uma palavra a dizer...

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top