Lisa Ajax, participante na segunda semifinal do Melodifestivalen 2017, está envolta em polémica: em caso de vitória, a cantora não poderá interpretar «I Don't Give A» no Festival Eurovisão devido ao "texto inaceitável" do tema.

Tal como tem acontecido nas últimas edições, a emissora sueca SVT revelou, esta tarde, a letra dos sete temas que disputam a segunda semifinal do Melodifestivalen 2017 no próximo sábado. Contudo, a revelação de hoje ficou marcada pela polémica, devido à letra do tema «I Don't Give A», que será defendido por Lisa Ajax.

A presença da palavra "f*ck", em dez ocasiões, no texto da canção, fez com que um porta-voz da União Europeia de Radiodifusão anunciasse que, em caso de vitória, a cantora seria obrigada a alterar o texto da canção, visto que o mesmo não cumpre as regras do Festival Eurovisão: "O Eurovision Song Contest é um concurso familiar e as letras dos temas devem refletir isso (...) A EBU/UER e a emissora anfitriã irão garantir que todas as candidaturas estão em conformidade com as regras do concurso. Temas com textos inaceitáveis, como é o caso, não serão permitidos. A violação dessas regras pode resultar em graves penalidades".

Aceda AQUI ao polémico texto.

Depois da polémica, a cantora falou à imprensa e garantiu que não pensou no assunto: "Não temos qualquer plano B. Eu ainda não pensei tão longe e os compositores também não... O foco é chegar à Grande Final" afirmou, desmarcando-se  da polémica: "Estamos em 2017... As crianças já ouviram imensas vezes a palavra em questão. Quando estão raivosos gritamos isso... É áspera e dura, mas é a forma ideal para o tema. Eles vão gostar de ouvir".

Aceda, de seguida, à participação de Lisa Ajax na última edição, onde conquistou o 7.º lugar:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte/Imagem: SVT / Vídeo: Youtube

4 comentário(s):

  1. Anónimo19:36

    A canção ainda nem sequer é conhecida e já há tanta controvérsia? Deixem lá a rapariga cantar, caso chegue à Final logo se vê.
    Se for tão boa como "My heart wants me dead", estou a torcer por ela!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo22:59

    Claro que pode, tem é que alterar as letras. Que sensacionalismo.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo02:20

    Eu com medo a pensar que era por ser plágio e afinal é só por isto. Hoje em dia qualquer pessoa e muitas crianças dizem fuck, mas nem é no sentido literal da palavra, já nem tem esse peso. Seja como for caso ela vença trocam a palavra por outra como a Valentina fez em 2012 com o seu Facebook, simples.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top