O cantor espanhol Fruela anunciou que defenderá a versão em castelhano de 'Live It Up' na gala final do #Eurocasting. O vencedor conseguirá uma vaga no Destino Eurovisión.

Fruela, um dos três finalistas do #EuroCasting, publicou, recentemente, a versão em castelhano do tema 'Live It Up', versão que defenderá na gala final da competição, agendada para 12 de janeiro. "As estrofes da nova versão são em castelhano, enquanto que o coro continuará a cantar «Live it Up» em inglês" explicou o cantor, que defende o uso da língua nativa no concurso, "Encanta-me a língua espanhola e creio que, se pudermos, há que conservar o nosso idioma e cantar em castelhano. Como tal, tomámos a decisão de seguir o processo com a versão em espanhol, conservando o inglês no coro para nos fazermos entender em toda a Europa".

A versão em castelhano marca o regresso dos autores Ander Pérez e Amaya Martínez, mais conhecidos como Andermay, responsáveis pelo tema Dime, representante de Espanha no Festival Eurovisão de 2003. Amaya Martínez é responsável pela letra da nova versão, enquanto que Ander Pérez, em conjunto com Fruela e DJ Javi Reina, são os compositores da candidatura. "Tomara que contar com os autores de um dos mais icónicos temas que foi à Eurovisão me traga a mesma sorte" afirmou o finalista do #EuroCasting.

Além disso, Fruela garante que a mensagem não sofreu alterações: "Eu estava acostumado a ouvir em inglês, mas o assunto em castelhano soa muito bem. A nossa língua encaixa perfeitamente com o instrumental e mantém um toque internacional, soando a uma música fresca e europeia. A carga sentimental da música não sofreu nenhuma mudança.".

Fruela disputa, a 12 de janeiro, a final do #EuroCasting juntamente com LeKlein e Javián. Os três candidatos interpretarão os seus temas num concerto transmitido na plataforma online da RTVE, sendo que a candidatura mais votada pelo público obtém o apuramento para o Objetivo Eurovisión que decorrerá em meados de fevereiro.

Aceda de seguir à versão em castelhano de Live It Up:


Estreante em 1961, Espanha participou initerruptamente no Festival Eurovisão contabilizando um total de 56 participações. Com duas vitórias no curriculum em 1968 e 1969, o país tem ficado de fora dos bons resultados nos últimos anos: a última presença no pódio aconteceu em 1995 (2.º) e, desde então, apenas conquistou sete presenças no top10. Em Estocolmo, Barei e Say Yay foram os representantes espanhóis tendo terminado a competição no 22.º posto da Grande Final, apesar de algum favoritismo inicial. Recorde, de seguida, a atuação:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovision-spain/Imagem/Vídeo: RTVE

9 comentário(s):

  1. Anónimo21:56

    Péssima escolha do fruela

    ResponderEliminar
  2. Anónimo22:48

    Ficou tão foleiro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:05

      Então espera pela música da Celina

      Eliminar
  3. Anónimo23:07

    Em espanhol só pôs a descoberto a pobreza e falta de originalidade da canção. No fundo a letra não diz nada...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo01:05

    Péssima decisão!!!

    ResponderEliminar
  5. Desculpem os que gostam da música, mas eu não sei o que vêem de tão especial nisto

    ResponderEliminar
  6. Anónimo07:55

    A música recebeu votos cantada em inglês. Isto é uma traição a todos aqueles que votaram e que são a contra canções cantadas na Língua de Cervantes. A letra, tal como o "instrumental" é, como já foi dito aqui, foleira à brava. Canções muitíssimo melhores ficaram pelo caminho :-(

    ResponderEliminar
  7. Eu não gosto desta versão. Se a original já não era nada de extraordinário, agora então perdeu a pouca graça que tinha.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo22:21

    Que pena ficou horrivel... assim JAVIAN vai ganhar facilmente...

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top