Em retaliação à sua não-qualificação, o grupo italiano Statuto revelou nas redes sociais a eventual lista de participantes na categoria Campioni do Festival di Sanremo 2017. A emissora RAI não comentou as afirmações.

O grupo italiano Statuto, participantes no Festival di Sanremo em 1992, publicou um comunicado nas redes sociais, onde demostra o seu desapontamento com o afastamento da sua candidatura para a competição, algo que tem acontecido nos últimos tempos: "Confirmamos que nós, Statuto, não iremos participar no Festival di Sanremo. Na última chance de escolher os "grandes 20", a nossa canção ficou de fora".

No entanto, a revolta subiu de tom e o grupo revelou, no mesmo comunicado, a lista de eventuais nomes escolhidos para participar na próxima edição do concurso, ao lado das suas gravadoras. A emissora RAI recusou-se a comentar o comunicado, mas as parenças com os nomes avançados pela imprensa, faz com que muitos acreditem que esta seja a lista oficial.

Apesar do anúncio oficial apenas acontecer a 12 de dezembro, parece garantido que Al Bano, representante italiano em 1976 e 1985, e Raphael Gualazzi, vice-campeão do Festival Eurovisão 2011, estejam novamente na corrida.

Aceda, de seguida, à lista de nomes avançados:

Fiorella Mannoia (Sony)
Francesco Renga (Sony)
Marco Masini (Sony)
Chiara Galiazzo (Sony)
Giusy Ferreri (Sony)
Fabrizio Moro (Sony)
Sergio Sylvestre (Sony)
Gigi D’Alessio (Sony)
The Kolors (Baraonda)
Elodie (Universal)
Fausto Leali ou Michele Zarrillo (Universal)
Clementino (Universal)
Nesli (Universal) ou Briga (Honiro/SONY) ou Baby K (Sony)
Paola Turci ou Ron (Warner)
Marco Carta ou Renzo Rubino (Warner)
Francesco Gabbani (BMG)
Amara & Paolo Vallesi (IDA)
Ermal Meta (Mescal)
Loredana Berté (Warner) ou Al Bano (Sony) ou I Nomadi (Indi Records)
Samuel dei Subsonica (Sony) ou Levante (Carosello)
Ludovica Comello
Bianca Atzei (Baraonda) ou Raphael Gualazzi (Sugar)

Todos os artistas atuarão no Festival de Sanremo a 7 de fevereiro, com a votação a cargo do televoto (50%) e da imprensa (50%). Em seguida, a 8 e 9 de fevereiro, 10 cantores subirão ao palco, sendo que os seis melhores de cada gala apurar-se-ão para a Grande Final: os últimos três classificados serão escolhidos na ronda de apuramento a 10 de fevereiro.  Na Grande Final, a 11 de fevereiro, será disputada por 15 cantores, sendo que os três mais votados pelo televoto, pelo júri de especialistas e júri popular conseguirão o apuramento para a SuperFinal. O vencedor do certame será selecionado pelo mesmo método de votação, sendo-lhe entregue a possibilidade de representar Itália no Festival Eurovisão 2017. Contudo, em caso de recusa, a RAI e a organização do Sanremo decidirão, de entre os restantes participantes, o cantor que irá a Kiev.

Participante na edição inaugural do Festival Eurovisão, Itália conta com um total de 42 participações no certame europeu, tendo vencido em duas ocasiões: 1964 e 1990. No entanto, a história do país ficou marcada por um interregno de 14 anos iniciado em 1997, tendo o seu regresso ficado marcado pelo 2.º lugar alcançado em Dusseldorf. Na última edição, Francesca Michielin e o tema bilingue 'No Degree of Separation' foram os representantes italianos, tendo alcançado a 16.ª posição com 124 pontos, cuja atuação pode recordar de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCToday /Imagem: RAI/ Vídeo: eurovision.tv

2 comentário(s):

  1. Anónimo12:57

    Off topic: no aniversariante do dia, deveriam dizer em que ano participou no FC ou ESC. A senhora de hoje nao faço a minima ideia quem seja. Obrigado :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro leitor das 12.57: Clicando na foto do(a) aniversariante, vai abrir o vídeo da atuação no festival. ;-)

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top