A magia de Natal chegou à região do Porto. Anabela, Carolina Torres, Ricardo Trepa e o restante elenco de “A Bela e o Monstro no Gelo” calçaram os patins e encantaram a plateia que assistiu à estreia do musical na noite de sexta-feira, dia 25. O ESCPORTUGAL esteve em Matosinhos. 
 
Uma princesa, um monstro, um feitiço. A história de amor que ultrapassa barreiras. Uma aventura encantada pela constante procura da liberdade. Será a prisão apenas um espaço ou algo que existe dentro do nosso coração? Conseguirá a Bela mudar o coração frio do Monstro? Será o Monstro capaz de a libertar da sua própria prisão? Serão eles capazes de superar as suas diferenças? E o que é ser diferente?


Bom, a história de “A Bela e o Monstro” já foi adaptada, filmada e encenada inúmeras vezes, não fosse este um conto do séc. XVIII (de Gabrielle Suzanne Barbot). Contudo, nunca é demais ver uma nova adaptação, pois esta história nunca perde a atualidade. Desta vez, “A Bela e o Monstro” é revivida numa conhecida superfície comercial de Matosinhos, num tenda com cerca de 900 lugares e uma pista de gelo com 200 m2 com várias sessões por dia. Anabela está à frente do elenco de 20 atores e bailarinos que incluem outros nomes bem nossos conhecidos como Carolina Torres e Ricardo Trêpa. 


Ao longo da peça os atores foram brindados com fortes aplausos do público, que se mostrou rendido a esta história de encantar. Numa época de amor e solidariedade, todos aqueles que assistiram à peça levaram gravada na memória as máximas desta história: a importância da amizade, do amor, da compreensão, da inclusão pela diferença. 





Anabela, que representou Portugal no Festival Eurovisão 1993 e já protagonizou vários musicais, fá-lo, pela primeira vez, sobre o gelo. Anabela é Benedita de Tè, um bule que ferve em pouca água, mas que se torna amiga do Monstro. Carolina Torres (que ficou conhecida por ter participado no programa “Ídolos" e atualmente em “A tua cara não me é estranha”), é Jala Zafirah, uma bela princesa obrigada a casar com alguém que não ama. A sua força e coragem levam-na a fugir do seu reino em busca do verdadeiro amor. Ricardo Trêpa tem já uma longa carreira em cinema, teatro e televisão – acabou de gravar a última temporada de “A Única Mulher” (TVI) – mas o “seu” Henrique IV da Luz (Castiçal), o mestre-de-cerimónias que ilumina a escuridão que reside no castelo, é a sua primeira personagem num musical. O Monstro é encarnado por Diogo Faria. Do seu curriculum constam participações recentes nas telenovelas da SIC “Coração D’Ouro” e “As Poderosas”. 



Os irmãos João A. Guimarães e Artur Guimarães (autor e compositor de "Em nome do amor" do FC2011) voltam, com a coreógrafa Joana Quelhas e a argumentista Ana Queirós, a assinar mais um sucesso musical que, este Natal, promete encantar toda a família. Em cena até 8 de janeiro.

No final desta estreia, o público aplaudiu assim todo o elenco: 

  

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL / Imagem: ESCPORTUGAL / Vídeo: ESCPORTUGAL 

5 comentário(s):

  1. Anónimo15:39

    Que giro. Sabem onde posso adquirir bilhetes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro leitor, poderá consultar o site do espetáculo, onde encontrará essa informação. http://www.abelaeomonstronogelo.com/

      Eliminar
  2. Anónimo18:41

    Adorei o artigo e as fotos (f)

    ResponderEliminar
  3. Anónimo21:12

    Pena as fotos estarem tão pequenas :-(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro leitor, ao clicar nas fotos consegue vê-las em tamanho original.

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top