A emissora britânica anunciou, esta manhã, que voltará a escolher os seus representantes de forma aberta através do Eurovision: You Decide.

A emissora britânica BBC abriu, esta manhã, o processo de inscrições para o seu processo de seleção para o Festival Eurovisão 2017. Tal como aconteceu na edição passada, o Reino Unido voltará a apostar no Eurovision: You Decide, processo de inscrições públicas a par de uma procura de músicas no mercado musical britânico, sendo que os temas serão pré-selecionados por um painel constituído por membros da OGAE Reino Unido e de funcionários da BBC.

Hugh Goldsmith, um dos responsáveis do processo, afirma que a emissora "está à procura de canções que têm a capacidade de impactar perante os 200 milhões que irão assistir ao concurso. Ser bom não é suficiente: é necessário ser grande! A canção vencedora tem de combinar uma letra emotiva com melodia memorável, bem como uma produção brilhante. Se têm a canção perfeita, queremos ouvi-la".

Por outro lado, Guy Freeman, chefe de delegação do Reino Unido, acrescentou que "este é o momento para quem acredita fervorosamente que tenha escrito uma canção que poderá conquistar os corações de milhões de telespectadores e júris profissionais".

Aceda AQUI a mais detalhes sobre o concurso.

Estreante em 1957, o Reino Unido participou em 59 edições do concurso europeu, obtendo cinco vitórias, bem como 15 segundos lugares e 3 terceiros. Em Estocolmo, o país foi representado pelo duo Joe & Jake em Estocolmo, no ESC2016. You're Not Alone somou 62 pontos e ficou na 24ª e antepenúltima posição na Grande Final. Recorde a sua prestação:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem e Vídeo: eurovision.tv

8 comentário(s):

  1. Anónimo17:51

    Só de Portugal é que não sabemos de nada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:24

      Ou estão a preparar tudo ao máximo silêncio preferindo não dizer uma única palavra ou então vai ser mais do mesmo: preparativos à ultima da hora e às 3 pancadas.

      Eliminar
    2. Anónimo18:37

      Este artigo é sobre o Reino Unido

      Eliminar
    3. Anónimo21:27

      Mto sinceramente, qual é o mal? Existe a liberdade de expressão e não vejo qual é o mal da pessoa estar a perguntar acerca de Portugal sendo o seu interesse.

      Eliminar
    4. Anónimo22:56

      Concordo, ó anonimo das 21:27. Mas se existe a tal liberdade de expressão, qual é o mal de o outro escrever que este artigo é sobre o Reino Unido?

      Eliminar
    5. Mto sinceramente,qual e a logica de estar a suspirar em desespero por noticias de Portugal,quando se trata de um artigo sobre o Reino Unido?

      Eliminar
    6. Anónimo11:18

      Mto sinceramente, há uma grande mentira no comentário do anonimo das 17:51: nao é SÓ DE PORTUGAL que não sabemos de nada. Também não sabemos de nada doAzerbeijao, da Georgia, da Roméenia...
      Se é para suspirar em desespero, que se suspire com toda a verdade.

      Eliminar
    7. Anabela Banana13:08

      Boca Santa, RG, Boca Santa!

      Bjs!

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top