A emissora estatal de Malta anunciou que o televoto passará a ser o único método de votação da final nacional do próximo ano. O júri, responsável por 83,3% da votação do ano passado, não será utilizado.

Recentemente empossado como novo diretor-geral da emissora estatal de Malta, PBS, Joe Bundy revelou algumas mudanças significativas para a próxima edição da final nacional do país. Ao contrário do que aconteceu nos últimos anos, o televoto será o único método de votação na próxima edição do Malta Eurovision Song Contest. sendo que o júri, responsável por 5/6 da votação do ano passado, não será utilizado na escolha do sucessor de Ira Losco. 

Joe Bundy adianta ainda que existirão mais alterações no modelo seletivo utilizado para a escolha dos representantes em Kiev, sendo que as mesmas serão reveladas aquando do lançamento do regulamento, algo que deverá acontecer nos próximos dias.

Estreante em 1971, Malta participou em 29 edições do Festival Eurovisão, tendo alcançado a Grande Final em 21 ocasiões. Ira Losco e Chiara, em 2002 e 2005, respetivamente, conquistaram as melhores colocações de sempre do país, o 2.º lugar, destacando-se ainda o terceiro lugar alcançado em 1992 e 1998. Depois da prestação em Tallinn, Ira Losco voltou a representar o país em Estocolmo com o tema Walk on Water tendo conquistado a 12.ª posição na Grande Final, sendo a quarta candidatura mais votada pelo júri. Recorde a sua prestação de seguida:



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: Illum.com.mt / Imagem/Vídeo: eurovision.tv

0 comentário(s):

Enviar um comentário

Temas em Destaque

 
Top