A imprensa espanhola garante que a RTVE está a preparar uma final nacional com várias galas para escolher os seus representantes em Kiev. Até ao momento, nenhuma confirmação foi dada pela emissora.

Depois do recurso a seleções internas e a finais nacionais compostas por apenas uma gala, a emissora estatal espanhola RTVE pondera a realização de uma final nacional com diversas eliminatórias para a próxima edição do Festival Eurovisão. A notícia é avançada pelo jornal Bluper que, contudo, garante que a decisão final ainda não foi tomada e esta é apenas uma das propostas em cima da mesa.

Recentemente, a cantora murciana Ruth Lorenzo, representante do país em 2014 e a última a figurar entre os dez primeiros classificados da edição, reafirmou o desejo de regressar ao concurso europeu em 2017 (AQUI). Em nenhuma das situações houve qualquer declaração por parte da emissora espanhola que, apesar de já ter confirmado a participação, só deverá revelar alguns dos seus planos nos próximos meses.

Estreante em 1961, Espanha participou initerruptamente no Festival Eurovisão contabilizando um total de 56 participações. Com duas vitórias no curriculum em 1968 e 1969, o país tem ficado de fora dos bons resultados nos últimos anos: a última presença no pódio aconteceu em 1995 (2.º) e, desde então, apenas conquistou sete presenças no top10. Em Estocolmo, Barei e Say Yay foram os representantes espanhóis tendo terminado a competição no 22.º posto da Grande Final, apesar de algum favoritismo inicial. Recorde, de seguida, a atuação:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: bluper / Imagem/Vídeo: eurovision.tv

1 comentário(s):

  1. Anónimo19:11

    Espanha da se melhor com selecções internas.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top