A emissora dinamarquesa revelou, esta manhã, que o Dansk Melodi Grand Prix 2017 terá lugar a 25 de fevereiro em Herning, cidade onde Emmelie de Forest adquiriu o passaporte eurovisivo.

A viver a pior fase de resultados da sua história no concurso, a emissora estatal dinamarquesa, DR, anunciou, esta manhã, alguns detalhes sobre a edição do próximo ano da final nacional. O Dansk Melodi Grand Prix 2017, cujas inscrições terminaram ontem, 5 de setembro, será sediado no Jyske Bank Boxen Arena, em Herning, a 25 de fevereiro. 

"O Boxen, em Herning, é um dos melhores lugares na Dinamarca para produções televisivas, por isso temos as condições ideais para um grande espetáculo" afirmou Jan Lagermand Lundme, gerente do entretenimento da DR, fazendo alusão ao facto do país alterar todos os anos a cidade sede da competição, sendo que desde 2000 o evento já foi sediado em seis cidades distintas.

Além disso, a DR irá organizar diversas atividades locais com escolas e instituições de cariz social, bem como colaborações com museus, restaurantes e outros pontos de interesse para garantir que o evento atinja o seu expoente máximo. De realçar que, a Boxen Arena sediou o DMGP em 2013, edição vencida por Emmelie de Forest que, posteriormente, venceu, pela última vez, o concurso europeu para a Dinamarca.

Estreante em 1957, a Dinamarca participou em 45 edições do Festival Eurovisão, destacando-se um interregno entre 1967 e 1977. O país nórdico venceu a edição em três ocasiões (1964, 2000 e 2013), sendo que atualmente atravessa a pior fase de resultados da sua história, com duas eliminações consecutivas. O grupo Lighthouse X representou a Dinamarca em Estocolmo com o tema 'Soldiers of Love' terminando na penúltima posição da semifinal (17.º) com apenas 34 pontos, a mais baixa classificação do país na era das duas semifinais. Recorde a prestação do grupo de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: ESCToday / Imagem/Vídeo: eurovision.tv

3 comentário(s):

  1. Anónimo21:54

    "Além disso, a DR irá organizar diversas atividades locais com escolas e instituições de cariz social, bem como colaborações com museus, restaurantes e outros pontos de interesse para garantir que o evento atinja o seu expoente máximo."

    Ora aí está uma coisa que aqui em Portugal poderia ser feita, mas que tudo indica que só num universo paralelo tal acontecerá.

    ResponderEliminar
  2. Acho um pouco exagerado dizer,que a Dinamarca esta a atravessar a pior fase de resultados no ESC.Talvez uma das piores,sim.Se olharmos para os anos 90,temos varios anos em que nao participou por falta de media e em 96 foi pre-eliminada.A Dinamarca,no ESC tem sido pouco consistente,varia muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:34

      Concordo, também achei o mesmo quando li. Se eles passam a pior fase de resultados no ESC pq não passam há 2 anos, então nós portugueses iremos dizer o quê quando apesar de nao termos participado entretanto 2x a última vez que pusemos os pés na final foi em 2010??

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top