A emissora privada ucraniana STB revelou alguns planos para a final nacional do país para o Eurovision Song Contest 2017.

Após o sucesso da parceria com a emissora estatal NTU, aa emissora privada ucraniana STB anunciou recentemente a continuação do acordo em 2017 (AQUI), tendo revelado agora alguns detalhes sobre o processo seletivo do próximo ano. Segundo Nataliyi Franchuk, responsável pela final nacional ucraniana em 2017, o concurso será mais ambicioso e que contará com mais espetáculos do que a edição de 2016, sendo que as emissões começarão em fevereiro.

Além disso, Nataliyi revelou que alguns jovens artistas ucranianos desconhecidos do grande público têm sido contactos para entrar na competição, sendo-lhes pedido que "não se intimidem com a participação de nomes conhecidos". As inscrições serão abertas a 1 de setembro, sendo que em outubro e novembro o produtor musical e jurado Kostyantyn irá visitar as principais cidades ucranianas (Kharkiv, Zaporizhzhya, Lviv, Dnipro, Odesa e Kiev) para ouvir todas as propostas e escolher as que disputarão o concurso.

A Ucrânia estreou-se no Festival Eurovisão em 2003, tendo participado em treze ocasiões, falhando apenas a edição de 2015, justificando a sua retirada com a crise político-económica existente no país. Sem nunca falhar o apuramento para a Grande Final, a Ucrânia conta com nove colocações no top10 da competição, destacando-se as duas vitórias alcançadas, sendo o único país de Leste a deter essa proeza. Jamala e 1944, representantes ucranianos em Estocolmo, são os atuais vencedores em título da competição, vencendo a edição com um total de 534 pontos, podendo recordar, de seguida, a sua prestação:


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem/Vídeo: eurovision.tv

1 comentário(s):

  1. Anónimo19:24

    todos os anos a mesma coisa... vemos os países a planearem tudo, e a dizerem o metodo de seleçao com meses de antecedencia , ja a rtp? lá para janeiro dizem que convidam a gentinha do costume... e fazem uma conferencia de imprensa a dizer que vamos ter grandes musicas etc etc e depois é tudo uma treta cheio de musicas horriveis.
    Carla bugalho demite-te.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top