A 2 de fevereiro de 2010 falecia Rosa Lobato de Faria, poetisa, escritora, argumentista, locutora, atriz de cinema, teatro e televisão. Há 6 anos, a Assembleia Municipal de Lisboa aprovou por unanimidade a atribuição do seu nome a uma rua, mas soube-se agora que tal afinal não vai acontecer.


A proposta de atribuição do nome Rosa Lobato Faria a uma rua de Lisboa foi aprovada há mais de seis anos pela Assembleia Municipal de Lisboa, por unanimidade. De acordo com notícia do jornal Público, a medida não vai passar das intenções pois não se vai concretizar. “São muito escassas as ruas que existem para a atribuição de topónimos”, justifica a vereadora da Cultura da Câmara de Lisboa, Catarina Vaz Pinto, lembrando que a escritora já tem uma escola com o seu nome na cidade.

O CDS, que tinha sido o partido responsável pela apresentação da proposta, não se conformou com a decisão e pediu explicações à Câmara de Lisboa. Segundo o mesmo jornal, o membro da Assembleia Diogo Moura mostrou-se pouco convencido com o parecer negativo da Comissão Municipal de Toponímia. “Sabemos que a cidade de Lisboa se encontra praticamente consolidada no que respeita a arruamentos”, disse, defendendo no entanto que a Câmara e a comissão devem “refletir sobre as inúmeras repetições que existem na cidade a nível da atribuição de topónimos”.

Rosa Lobato de Faria tornou-se conhecida, sobretudo, por ser a voz poética responsável por temas como Amor de água fresca (1992), Chamar a música (1994), Baunilha e chocolate (1995) e Antes do adeus (1997), entre muitas outras, pelo que se consagrou, a par de José Carlos Ary dos Santos, como uma das autoras mais bem sucedidas do Festival da Canção, marcando indelevelmente uma época e uma geração de admiradores.



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: PUBLICO / Imagem: GOOGLE

6 comentário(s):

  1. Anónimo18:01

    Há ruas, largos, travessas com o mesmo nome de pessoa. E para a Rosinha não há??

    ResponderEliminar
  2. Que a Camara Municipal de Lisboa reconsidere.Uma personalidade tao positiva,tao bonita,tao talentosa como Rosa Lobato Faria merece que lhe seja atribuida uma rua,avenida ou praça.Tanto ou ainda mais que o seu talento como poetisa,letrista e actriz,a sua personalidade humanista,positiva.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo20:04

    Na zona de Belém ha imensas ruas sem patrono, apenas com números. Será que a Câmara conhece a sua cidade?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:10

      concordo...

      Eliminar
    2. Nós, os Lisboetas, bem merecemos ter uma rua com o nome dela.

      Eliminar
  4. Rui Ramos09:21

    O que melhor do que ter o nome de uma ESCOLA? Penso que é mais do que suficiente. Há que reservar as poucas ruas que restam para as figuras que não vão ter a sorte de poder ter o seu nome como patrono de uma Escola.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top