O ataque contra a discoteca Pulse, em Orlando, EUA, provocou 50 mortos e fez 53 feridos. As homenagens às vítimas multiplicam-se por todo o mundo. O ESCPORTUGAL associa-se a este momento de luto. 


Barack Obama chamou-lhe “um ataque a qualquer americano, independentemente da raça, etnia, religião ou orientação sexual. Um ataque a todos nós”. Por todo o lado, as homenagens multiplicam-se. O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, transmitiu ao Presidente norte-americano a "solidariedade nacional perante tão dramático acontecimento" enquanto o primeiro-ministro António Costa escreveu no twitter: "A homofobia feriu de morte a liberdade, em Orlando e no mundo. Ser livre também é poder escolher quem se ama. A liberdade vencerá o ódio".

Diversos artistas e músicos choram e lamentam tão hediondo crime, partilhando a sua tristeza nas redes sociais:

Jamala (Ucrânia 2016): "We are all the same. Humanity cries. You... think you are Gods?"

Conchita Wurst (Áustria 2014):



Anggun (França 2012): "One day love will win over hate"


Krista Siegfrids (Finlândia 2013): 



Nicki French (Reino Unido 2000): "Sickened by the horrors in Orlando – innocent victims celebrating Pride weekend. God bless all those affected & their families".

Ruth Lorenzo (Espanha 2014): "Mi fe: la paz; Mi religion: vivir; Mi practica: el amor"

Il Volo (Itália 2015): 



Amir (França 2016):


Dalal (Bósnia e Herzegovina 2016): "There is more support for gun rights than gun control in USA. C.Grimmie? History of violence against LGBT? Rights?"


Soraya Arnelas (Espanha 2009):



Rona (Albânia 2012):
"Condolences and prayers to #Orlando why all this hate? just live and let love… ashamed of mankind :-(…"


Edurne (Espanha 2015): 




Bruno Correia (FC2009): 



 
Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: OBSERVADOR, FACEBOOK, INSTAGRAM, TWITTER / Imagem: AFP - GETTY IMAGES

6 comentário(s):

  1. Rui Ramos23:05

    Obrigado por se associarem a esta causa, que deve ser de todos nós

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:37

    Foi horrivel. Tenho muito receio que isso um dia aconteça no ESC

    ResponderEliminar
  3. Anónimo00:08

    É horrivel :-(

    ResponderEliminar
  4. E imoral e contranatura. Enquanto tantos deseperadamente lutam contra a morte,ha depois individuos deste calibre,que espalham morte a sua volta,deliberadamente,propositadamente.Dizem eles,que em nome de Deus...Nao podemos abdicar,em nome da tolerancia ou por medo, dos nossos valores humanistas.

    ResponderEliminar
  5. Pedro Carvalho01:39

    DEP

    ResponderEliminar
  6. Ricardo Alves09:05

    Momnto muito trite

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top