Ira Losco foi recebida pelo primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat, após a sua participação no Festival da Eurovisão. Abordada sobre um regresso ao evento, a cantora não afasta a hipótese.

Depois do 12.º lugar alcançado no Festival da Eurovisão 2016, a cantora Ira Losco foi recebida pelo primeiro-ministro do país, Joseph Muscat, no Auberge di Castille, tendo sido felicitada pelo mesmo. Muscat agradeceu também a toda a equipa que trabalhou em prol de Ira em Malta e na Suécia, tendo descrito a cantora um exemplo pela forma como ela trabalhou em defesa da igualdade e dos direitos das minorias. Para finalizar a sua intervenção, o primeiro-ministro ressalvou que não foi só o talento que se destacou nessa candidatura, mas que todas as qualidades demonstradas elevaram e fortaleceram a reputação de Malta na Europa e no Mundo.

Por sua vez, a cantora Ira Losco, que se fez acompanhar por Anton Attard, dirigente da PBS, e por Howard Kieth Debono, seu empresário, afirmou que foi uma honra enorme representar o país no concurso, realçando a enorme audiência mundial que o mesmo detém, acrescentado que o concurso é uma oportunidade única para os cantores do arquipélago. Posteriormente, em declarações aos jornalistas, a cantora referiu o enorme aumento na relevância do evento de entre 2002 para 2016, afirmando que todos os artistas do país deviam tentar entrar no concurso.

Questionada sobre a eventualidade de regressar novamente ao concurso, Ira afirmou que é muito cedo para decidir e que em primeiro lugar está a sua gravidez. Contudo, garante que não exclui essa hipótese num futuro próximo, referido que a Eurovisão é uma experiência fantástica, agradecendo também à emissora pública e a todos os seus apoiantes pelos momentos vividos em Estocolmo.

Recorde, de seguida, a atuação de Ira Losco com Walk on Water:



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte e Imagem: TVM / Vídeo: eurovision.tv

0 comentário(s):

Enviar um comentário

Temas em Destaque

 
Top