Suécia: Danny Saucedo destrona Måns Zelmerlöw nos Grammisgalan 2016


O vencedor do Festival da Eurovisão 2015, Måns Zelmerlöw, perdeu para Danny Saucedo na única categoria em que estava nomeado nos Grammisgalan 2016. Hasse Andersson, terceiro classificado no Melodifestivalen, recebeu o prémio para a melhor música dançável do ano.

A sala de espetáculos Cirkus, em Estocolmo, recebeu, esta noite, a entrega dos Grammis, prémios concedidos pela indústria discográfica e entregues pelo departamento sueco da Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), sendo o equivalente sueco dos Grammys norte-americanos. O cantor sueco Petter foi o apresentadora da cerimónia que premiou os cantores e produtores suecos em dezanove categorias distintas.

Danny Saucedo, segundo classificado no Melodifestivalen 2011 e 2012 e apresentador da edição de 2013, conquistou o Grammi para a Melhor Música com Dö för dig, destronando Måns Zelmerlöw, favorito à conquista do troféu com o tema com que venceu o Festival da Eurovisão 2015, Heroes, sendo essa a única nomeação dos dois cantores. De realçar que Danny Saucedo é um dos compositores de Youniverse, tema que Molly Sanden, sua companheira, irá defender no próximo sábado, na quarta semifinal do Melodifestivalen 2016.

Contudo, a final nacional sueca para o Festival da Eurovisão esteve em destaque na cerimónia: Hasse Andersson arrecadou o Grammi para a Melhor Música Dançável com Guld och gröna skogar, tema com o qual terminou na quarta posição no Melodifestivalen 2015.

Aceda, de seguida, à lista de premiados da noite:

Artista do Ano - Silvana Imam
Álbum do Ano - Amason - Sky City
Melhor Música - Dö för dig - Danny Saucedo
Melhor Pop - Pretend - Seinabo Sey
Melhor Rock - The Big Sleep - Deportees
Revelação do Ano - Not Too Young, Effortless - Sabina Ddumba
Compositor do Ano - Peter Svensson
Letrista do Ano - Erik Lundin - Suedi
Melhor HardRock/Metal - Suedi - Erik Lundin
Melhor Jazz - Folk - Oddjob
Melhor Electro -Sunday - HNNY
Produtor do Ano - NISJ
Melhor Espetáculo do Ano - Trees of Light - Anders Jormin, Lena Willemark & Karin Nakagawa
Melhor Concerto Clássico - Sirens - Kungliga Filharmonikerna/Oramo/Zinman/Salonen-Anders Hillborg
Álbum infantil do Ano - What If - Nina Persson
Melhor Música Dançável - Guld och gröna skogar - Hasse Andersson
Melhor Videoclip - Nothing But a Heartbeat - Joanna Nordahl - Say LouLou
Prémio Honorário - Max Martin



Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: expressen /Imagem: sverigeradio / Vídeo: Youtube

4 comentários:

  1. Anónimo12:06

    É um crime o danny nunca ter ido a eurovisao!

    ResponderEliminar
  2. Na verdade e uma hecatombe,uma verdadeira catastrofe global o Danny nunca ter ido a Eurovisao!!! Huh,huh...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo20:54

    Danny merecia representar a Suécia mas ainda não chegou a vez dele!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo04:00

    Esta destinado a ir representar a Suécia, é uma questão de tempo!

    ResponderEliminar