ESC2020: Revelados os 24 participantes do 'Beovizija 2020'


A emissora estatal da Sérvia revelou os 24 participantes escolhidos para o Beovizija 2020, final nacional para o Festival Eurovisão 2020.

A emissora da Sérvia revelou, esta tarde, a lista de 24 participantes do Beovizija 2020, final nacional do país para o Festival Eurovisão 2020, depois de ter recebido 90 candidaturas para o formato. A banda Hurricane, que conta com Sanja Vučić, representante do país em 2016, e a cantora Sanja Bogosavljević, uma das backing singers de Marija Šerifović em 2007, integram a lista de participantes revelada pela RTS.


Aceda, de seguida, à lista de participantes:

 1. Igor Simić -" Ples za rastanak"
2. Sanja Bogosavljević - Ne puštam"
3. Rocher etno bend - "Samo ti umeš to"
4. Neda Ukraden - "Bomba"
5. Marko Marković - "Kolači"
6. EJO - "Trag"
7. Karizma - "Ona me zna"
8. Andrija Jo - "Uvek"
9. Naiva -" Baš baš"
10. Bojana Mašković - "Kao muzika"
11. Ivana Jordan - "Vila"
12. Bane Mojićević - "Svet sa Prokletija"
13. Ivan Kurtić ft. Geapsy Train - "Sabajle"
14. Hurricane - "Hasta la Vista"
15. Milan Bujaković ft. Olivera Popović - "Niti"
16. Nenad Ćeranić - "Veruj u sebe"
17. Bora Dugić i Balkubano - "Svadba velika"
18. Ana Milenković - "Tajna"
19. Srđan Lazić - "Duša i telo"
20. Lazar Živanović - "Puklo je nebo"
21. Milica Mišić - "Kiša"
22. Thea Devy - "Sudnji dan"
23. Biljana Đurđević - "Raj"
24. Aleksa Vučković - "Samo mi kaži"

Com 12 participações no curriculum, a Sérvia conta com uma vitória no Festival Eurovisão em 2007, ano de estreia, bem como um terceiro posto alcançado em 2012. Em Telavive, Nevena Bozovic e "Kruna" representaram o país, terminando em 18.º lugar com 89 pontos, nenhum deles oriundo de Portugal. 


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTS/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

2 comentários:

  1. Anónimo23:07

    Tao bom ver esta final nacional toda em liguas maternas. A Servia tem uma lingua tao bela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo01:23

      Concordo. É tão raro nos dias de hoje, que temos mesmo de aplaudir!

      Eliminar