República Checa: Cancelamento da final nacional levou à saída de Jan Bors


Jan Bors revelou, nas redes sociais, que o cancelamento da final nacional televisionada por parte da emissora checa CT foi "a gota de água" para a sua saída do cargo de chefe de delegação.
 

O produtor televisivo Jan Bors, chefe de delegação da República Checa no Festival Eurovisão de 2016 a 2019, revelou, através das redes sociais, que o cancelamento da final nacional televisionada pela emissora checa CT foi o principal motivo para a sua saída: "Essa foi basicamente a gota de água" levando a crer que existiram outros pontos de atrito com os altos cargos da CT. 

Questionado sobre os motivos do cancelamento, Jan Bors garante que o corte no orçamento não foi a razão para o cancelamento, não frisando, contudo, quais os motivos que levaram a emissora CT a reintroduzir a final nacional online. Por fim, Jan Bors referiu ainda que "deixa tudo em aberto" sobre uma possível candidatura ao cargo de Supervisor Executivo da EBU/UER, mantendo os rumores sobre uma possível sucessão de Jon Ola Sand.

Jan Bors assumiu a liderança da delegação da República Checa no Festival Eurovisão durante quatro edições contando com três presenças na Grande Final: Gabriela Gunčíková ficou em 25.º lugar em Estocolmo, Mikolas Josef alcançou o 6.º lugar em Lisboa e Lake Malawi foram 11.º classificados em Telavive. Por outro lado, Martina Bárta falhou o apuramento em Kiev, terminando em 13.º lugar na semifinal.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EurovisionFun / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários