Espanha: RTVE desmente rumores sobre eventual saída do Festival Eurovisão Júnior


Carlos Garrido, diretor do Departamento de Relações Públicas da RTVE, desmentiu as notícias sobre Toñi Prieto e a retirada de Espanha do Festival Eurovisão Júnior 2020.

Depois da jornalista Laura Ortiz ter avançado que Toñi Prieto ficou desagrada com o resultado audiométrico do Festival Eurovisão Júnior 2019 e apelou à saída da RTVE da edição de 2020, tal como pode recordar AQUI, o diretor do Departamento de Relações Públicas da emissora espanhola desmentiu as notícias. "O conteúdo publicado não corresponde à verdade" frisou Carlos Garrido, garantindo que a RTVE analisará as apostas para a programação em 2020 depois de ser aprovado o Orçamento de Estado para 2020, documento que aumentará o orçamento estatal da RTVE, atualmente situado nos 342 milhões de euros.

Com quatro participações entre 2003 e 2006, onde ficou sempre dentro dos quatro primeiros classificados, Espanha venceu o concurso infanto-juvenil com Maria Isabel e "Antes Muerta Que Sencilla" em 2004. Treze anos depois da última participação, Espanha regressou ao concurso com Melani Garcia e "Marte". A candidatura espanhola terminou em 3.º lugar com 212 pontos, sendo a terceira mais votada pelo júri português.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurofestivales / Imagens: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários