ESC2020: Islândia recebe 157 canções para o 'Söngvakeppnin 2020'


A emissora islandesa RÚV recebeu 157 canções para o Söngvakeppnin 2020, mais 25 candidaturas do que ano passado. Os 10 escolhidos serão revelados em janeiro.

A emissora estatal da Islândia revelou, esta tarde, que recebeu um total de 157 canções para o Söngvakeppnin 2020, final nacional do país para o Festival Eurovisão 2020. Comparativamente ao ano passado, o número de submissões contou com mais 25 candidaturas, com Björg Magnúsdóttir, representante da RÚV, a garantir que o aumento deveu-se ao sucesso dos Hatari em Telavive.

Durante os próximos dias, um comité de 7 elementos escolherá as 10 canções semifinalistas do evento, sendo que as mesmas apenas serão conhecidas em janeiro. De realçar que todos os envolvidos nas canções submetidas são apresentados com pseudónimos, "Um comité está a trabalhar com uma série de Mickeys, Plutos e até chifres", explicou Björg.

Dez candidatos serão apurados para as semifinais, sendo que cada gala contará com 5 canções. As duas mais votadas em cada uma das semifinais, que decorrerão a 8 e 15 de fevereiro no Háskólabíó Conference Hall, em Reykavík, conquistará o apuramento para a Grande Final, sendo que a RÚV reserva o direito de escolher uma das canções não apuradas como wildcard. Na Grande Final, agendada para 29 de fevereiro em Laugardalshöll, em Reykjavík, os candidatos deverão apresentar as canções no idioma que pretendem interpretar no Festival Eurovisão, enquanto nas semifinais é obrigatória a interpretação da versão islandesa das canções.


Estreante em 1986, a Islândia conta com 32 participações no Festival Eurovisão, tendo como melhor resultado o segundo lugar alcançado em 1999 e 2009 por Selma e Yohanna, respetivamente. Fora da Final desde 2015, a Islândia voltou à Final do concurso em Telavive com os Hatari e "Hatrið mun sigra" a alcançarem o 10.º lugar com 232 pontos, 3 oriundos do televoto português.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RÚV / Imagem: Google / Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários