Itália: Imprensa avança com detalhes sobre o 'Festival di Sanremo 2020'


A imprensa italiana avançou com alguns detalhes do formato do Festival di Sanremo 2020. Ao contrário do ano passado, os vencedores da categoria Giovani não estarão a concurso na categoria principal do evento.



Alguns jornais italianos avançaram, nos últimos dias, com algumas informações relativas ao formato do Festival di Sanremo 2020. Ao contrário do ano passado, as categorias Giovani e Campioni estarão separadas e a concurso nas noites do evento. De realçar que, no ano passado, Mahmood foi um dos premiados na categoria Giovani, cuja seleção decorreu em dezembro, ocupando uma das duas vagas reservadas para os jovens talentos na principal categoria do concurso, que acabou por vencer.

Segundo as várias publicações, o Sanremo Giovani começará a 23 de novembro com 20 candidatos a concurso nas quatro semanas, sendo que apenas 10 conquistarão uma presença na Final a 17 de dezembro. Cinco dos candidatos serão selecionados para o Festivali di Sanremo juntamente com outros três candidatos provenientes do Area Sanremo.

Na primeira gala do Festival di Sanremo 2020, agendada para 4 de fevereiro, atuarão 10 dos 20 participantes da categoria Campioni, bem como 4 artistas da categoria Giovani, com os dois jovens talentos menos votados a abandonar a competição. Na segunda gala, a 5 de fevereiro, atuam os restantes 10 candidatos do Campioni e os 4 do Giovani, com outros dois jovens artistas a serem eliminados.

Na terceira gala, conhecida como a noite dos covers, serão recordados alguns dos temas que marcaram os 70 anos de história do concurso, atuando os 20 candidatos do Campioni e os 4 apurados da categoria Giovani, sendo que mais dois jovens talentos serão eliminados. Na gala de 7 de fevereiro, os 20 artistas voltam a atuar e será conhecido o vencedor da categoria Giovani. Por fim, na Grande Final, os 20 artistas do Campioni atuam pela última vez, sendo que os três mais votados do concurso voltam a atuar para uma nova ronda de votação, onde será conhecido o vencedor do evento.

Apesar da RAI não ter confirmado a utilização do formato nem a participação na Holanda, é expectável que o Festival de Sanremo 2020 seja utilizado como final nacional para o Festival Eurovisão 2020. De realçar que, desde 2011, ano de regresso do país ao concurso internacional, o formato foi usado como final nacional, com excepção de 2014, ano em que Emma Marrone foi escolhida internamente.

Estreante em 1956, a Itália conta com 45 participações no Festival Eurovisão, tendo estado fora do certame entre 1998 e 2010, apesar de ter triunfado em 1964 e 1990. Mahmood e "Soldi" foram os representantes italianos em Telavive, terminando em 2.º lugar com 472 pontos, menos 26 que o vencedor da edição, tendo recebido 13 pontos de Portugal (7 do televoto e 6 do júri).


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RAI/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários