ESC2019: RÚV multada em 5 mil euros pela polémica em Telavive


A União Europeia de Radiodifusão decidiu multar a emissora islandesa RÚV em 5 mil euros pelo protesto dos Hatari com a bandeira da Palestina. A emissora da Islândia já apresentou uma reclamação formal.



A emissora estatal da Islândia revelou que foi multada em 5 mil euros pela União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) devido aos protestos dos Hatari com bandeiras da Palestina aquando da votação no Festival Eurovisão 2019. 

Contudo, apesar do valor reduzido da sanção, a RÚV expressou o seu descontentamento através de uma reclamação formal, dizendo que era uma conclusão errada e era injusto multar a emissora pela violação das regras, quando a mesma fez tudo ao seu alcance para o cumprimento das mesmas. A emissora vai mais longe e garante que as estações televisivas nunca serão capazes de impedir completamente os artistas de fazer ou dizer algo que vá contra as regras do evento.

Estreante em 1986, a Islândia conta com 32 participações no Festival Eurovisão, tendo como melhor resultado o segundo lugar alcançado em 1999 e 2009 por Selma e Yohanna, respetivamente. Fora da Final desde 2014, a Islândia voltou à Final do concurso em Telavive com os Hatari e "Hatrið mun sigra" a alcançarem o 10.º lugar com 232 pontos, 3 oriundos do televoto português.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RÚV / Imagem: Google / Vídeo: Eurovision.tv

10 comentários:

  1. Anónimo21:53

    É totalmente ridiculo na minha opinião claro ... Primeiro não era a RUV e segundo 5 mil ?? ahahah

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:58

    E a Madonna também a vão multar? Ou pelo menos multar a KAN, já que foi a KAN que a convidou e por isso responsável pelos atos dela?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:45

      A EBU não tem motivos de queixa da Madonna. Quem se queixou foi a KAN. A EBU se multar a Madonna é pelo péssimo espetáculo que deu. Gastaram tanto dinheiro para nada.

      Eliminar
    2. Anónimo16:20

      E por tentar enfiar um cavalo no palácio da pena? Não chega para ser multada?

      Eliminar
  3. Anónimo12:47

    A Madonna devia see multada e bem multada, e banida de atuar na Europa. Ela que faça a sua peixeiradisse lá com os amricanos metidos à besta e deixe de nos chatear

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:33

      O Donald Trump e tu iam-se dar tão bem ...

      Eliminar
  4. O senhor jon Ola sand não devia já estar no olho da rua? Que ridículo!!!
    Que continuem as bandeiras a aparecer todos os anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:32

      ... porque nós queremos saber do concurso. Queremos 4 horas de festa, musica para abanar a pochete e peixarada da grande. E muita, muita bandeira para que la casa nimguém consiga ver nada porque a Eurovisão é nossa...

      Eliminar
  5. Anónimo13:37

    Até na Eurovisão protege-se Israel contra a liberdade de expressão de toda a gente ... abres a boca e pagas 5 mil euros. Até consigo imaginar os ossos do Hitler a rirem-se histericamente com tudo isto na sua sepultura ... enquanto a Palestina é dizimada até deixar de existir.

    ResponderEliminar
  6. Hatari afrontosos, amo eles.

    ResponderEliminar