ESC2019: Câmara de Den Bosch revela razões para o afastamento da candidatura


A Câmara de Den Bosch revelou as justificações dadas pelas emissoras da Holanda para a candidatura da cidade ter ficado fora da disputa final pela organização do Festival Eurovisão 2020.

Algumas semanas depois da escolha de Maastricht e de Roterdão para a disputa final pela organização do Festival Eurovisão 2020, a Câmara de Den Bosch revelou as justificações para o afastamento da sua candidatura. A altura do Brabanthallen, local proposto para receber o evento, foi um dos principais pontos para a recusa do comité da NPO, NOS e AVROTROS: o local tem uma altura de 17 metros, valor abaixo dos 18 metros exigidos para a produção do evento.
Também o baixo financiamento apresentado (cerca de 5,2 milhões de euros) esteve na base da recusa pelo comité, bem como o número de quartos de hotel: segundo o comité, a cidade não garantiu o número mínimo de 7 mil quartos para o evento no período de tempo exigido.






Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix/ Imagem: Google/ Vìdeo: Youtube

2 comentários:

  1. Anónimo01:03

    e depois, organizar a Eurovisão numa cidade com nome de berbequim, não cabe na cabeça de ninguém.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo09:45

    Não sei porquê, mas tenho uma forte sensação que a cidade escolhida vai ser Roterdão.

    ResponderEliminar