[VÍDEO] Netta Barzilai e Maruv interpretam "Siren Banana" na Rússia


Netta Barzilai e Maruv atuaram juntas, esta noite, no Europa Plus 2019, evento que teve lugar em Moscovo, interpretando "Siren Banana", uma junção de "Nana Banana" e "Siren Song".

Netta Barzilai, vencedora do Festival Eurovisão de 2018, e Maruv, candidata escolhida para representar a Ucrânia em Telavive, atuaram, esta noite, juntas no Europa Plus 2019, evento que teve lugar na capital russa. A dupla interpretou "Siren Banana", um misto de "Nana Banana", canção da cantora israelita que foi apresentada durante o Festival Eurovisão em Telavive, e "Siren Song", canção vencedora do Vidbir 2019.







 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPortugal/ Imagem: Google / Vídeo: Youtube

5 comentários:

  1. Anónimo23:47

    Que vergonha , uma cantora ucraniana a cantar no país invasor ... ainda bem que foi impedida de participar

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:49

    Que horror ! Realmente o salvador Sobral esteve muito bem quando arrasou com a netta , que cantora mais pirosa e vulgar ... das piores vencedoras

    ResponderEliminar
  3. Anónimo04:45

    Louvado o milagre de ver o "circo" ser vencido por outro dos seus "números" este ano ... foi como ver duas pseudo-Gagas em formato Rute Marlene. E o detalhe no público ... o Putin autorizou? #shade

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12:09

    Depois de ver esta performance deu para perceber bem o porquê da Maruv apenas se ter tornado conhecida depois de ter adotado o estilo "sexualizado" e todos os seus trabalhos anteriores serem flops. É bonitinha mas demonstra ter 0 de talento. A Netta sem estar perfeita deu lhe 10 a 0 nesta performance. Mas depois ainda critica os outros concorrentes. Daquelas artistas que não fazem falta nenhuma na Eurovisão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo09:23

      Mas é este o tipo de palhaçada musical que é elevado ao estatuto de oxigénio eurovisivo para os eurofãs mais hardcore e conservadores, cuja a essência do concurso é uma big party non-stop (uma pré-Pride sejamos francos) e nesse âmbito este tipo de musiquinhas são a banda sonora que se espera quase que de forma perturbadoramente fundamentalista. O que vale é que existem "arcadas" capazes de deixar bem claro o poder verdadeiro da música ... especialmente o poder de relembrar que já toda a gente que segue a Eurovisão deveria já ter concluído o 9o ano e ter alguma maturidade auditiva e inteligência emocional para olhar para a música sem a limitar a bananas e brinquedos. E para bom entendedor ...

      Eliminar