Portugal: Presidente da República lamenta a morte de Isabel Wolmar


O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa lamentou, ontem, o falecimento da apresentadora e locutora Isabel Wolmar.


Através do site da Presidência, o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa lamentou o falecimento da apresentadora e locutora Isabel Wolmar, apresentadora do Festival da Canção de 1967, recordando-a como "uma mulher extraordinária, talentosa e aventureira".

Aceda, de seguida, à nota divulgada no site da Presidência:

“Envio as minhas condolências à família e amigos de Isabel Wolmar, pioneira na rádio e na televisão portuguesa, e para sempre presente na memória de todos os portugueses.

Uma mulher extraordinária, talentosa e aventureira, foi locutora, apresentadora, repórter, produtora, atriz de teatro e cinema, recitou e escreveu poesia, fez dobragens de vozes para desenhos animados, mas tinha também talento para a dança, para o canto, para a gastronomia, até para os ralis de automóveis, tendo sido mesmo uma das primeiras mulheres a alcançar o pódio numa modalidade onde era pouco habitual a presença feminina.

Recebeu o Prémio Bordalo da Casa da Imprensa para melhor locutora e apresentadora, mas também foi reconhecida pelos seus artigos e entrevistas no Jornal de Notícias. Nos últimos anos dedicou-se à poesia e sobretudo aos contos infantis, mantendo sempre o contacto com público de todas as gerações. É, aliás, esta presença constante, a par de uma inquebrantável alegria de viver, que fazem de Isabel Wolmar uma mulher admirável e um extraordinário exemplo de multifacetado profissionalismo.

Marcelo Rebelo de Sousa”


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Presidencia / Imagens: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários