[ÁUDIO] Recorde o segundo episódio do 'Coisas do Festival'


"Sí", canção que Gigliola Cinquetti defendeu no Festival Eurovisão de 1974, foi o mote para o segundo episódio do "Coisas do Festival", rubrica do ESCPortugal na Rádio Sim.

Depois de ter marcado presença no programa Bem Bom da Rádio SIM durante os meses de abril e maio, conforme pode recordar AQUI, o ESCPORTUGAL está de regresso à rádio e com uma nova rubrica. Após "Lisboa Menina e Moça" ter dado o mote para a estreia, o seu episódio foi dedicado à polémica que "Sí", canção representante de Itália no Festival Eurovisão de 1974, causou no país devido ao referendo sobre o divórcio.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RádioSIM/ESCPortugal / Imagem: ESCPortugal

6 comentários:

  1. Anónimo23:19

    O referendo era sobre o aborto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era sobre a revogação da lei do divórcio. Pesquise sobre o referendo de 1974 em Itália e vai encontrar 😊

      Eliminar
    2. Anónimo22:50

      Não, o Nuno é que está mal informado. No referendo da revogacao do divorcio, a resposta adequada seria "Não". A letra da Canção fala sobre Liberdade da mulher e quem respondia "Sim" no referendo de 1974 iria voltar a proibir o divorcio. A letra fala sobre o "Sim" ao referendo do aborto, uma luta em Italia desde o inicio dos anos 70, e que viria a realizar-se finalmente em 1978. Não presuma que os outros não conhecem a história do ESC. Pesquise um pouco mais...

      Eliminar
    3. O que diz pode ser verdade... Mas tal não invalida o que foi escrito e dito anteriormente. A canção foi "proibida" por causa da votação do referendo que aconteceu nessa altura e foi essa a razão do destaque na rubrica. Um abraço e obrigado pelo comentário

      Eliminar
  2. Maria Teixeira11:24

    O que é que interessa se o referendo é sobre isto ou aquilo, se esta rubrica do Nuno é super interessante e bem feita? Anónimos galinháceos, deixem de criticar o excelente trabalho! parabéns Sr. Nuno!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo15:34

    Não, não, não... o referendo foi sobre se a pizza deveria ser ou não adoptada como prato nacional...

    ResponderEliminar