[ZONA DE DISCOS #92] Jurijus Veklenko - "Mano Sapnuose"

Todas as semanas no ESCPORTUGAL, a crítica aos álbuns editados por artistas que participaram no concurso Eurovisão da Canção e/ou seleções nacionais ao longo dos anos. 
Esta semana, a análise recai na estreia de Jurijus Veklenko.
O responsável da rubrica é Carlos Carvalho.

Lançamento: 13 de maio de 2019
Nota: 7,5/10
Tentou a sua sorte no universo pop embarcando nas atuais viagens habituais, tendo causado maior notoriedade aquando da sua participação na segunda edição de “Lietuvos balsas” (“The Voice”, em finais de 2013). Desde então, esteve ligado ao mundo eurovisivo, em 2015 e 2017 e, paulatinamente, iniciou a sua história discográfica, em dezembro de 2016, com o single “Leiski Man”. Foram quatro singles, num espaço de um ano e meio, entre dezembro de 2016 e maio de 2018, que foram agora compilados para dar origem ao primeiro álbum de Jurijus Veklenko, adicionando-se 4 novos temas, todos de 2019, “Run with the lions”, “Skirtingi pasauliai” ft Inga Jankauskaitė, o atual “Mintys”, cujo vídeo relata a sua experiência eurovisiva, e “Sapnouse”, o tema de abertura, o único que para já não foi lançado em single mas que é, sem dúvida, o mais forte de todo o grupo de canções apresentado pelo jovem artista lituano, que para além de ser um ótimo arranque para um longa-duração pop, tem a duração que se coadunava a uma eventual tentativa eurovisiva.
Apesar de o álbum incluir temas de 2016 (o que no universo pop corresponde a uma distância temporal assinalável), o álbum transmite uma sensação de coesão bastante forte, levando-nos a pensar que estamos perante um novo artista que sabe o que quer e que talvez prefira um andamento relativamente mais lento do que dar passos em falso.
Entre temas ritmados, lentos e mid-tempos, o álbum insere-se na atual ortodoxia da electro pop. Um universo sonoro amplamente explorado globalmente mas no qual Jurijus parece estar determinado a escrever a sua própria página, pelo menos no seu território geográfico.
Se o aspecto visual de Jurijus poderá ser uma mais-valia na escalada do sucesso, nunca será um intérprete vazio, uma vez que o representante lituano de 2019 tem uma voz não só bastante afinada como possui uma elasticidade vocal bastante assinalável, algo que fica bastante audível através dos falsetes utilizados.
No seu todo, o disco não tem qualquer momento que possa ser considerado como dispensável, embora isto não queira dizer que estamos perante um disco exímio. “Mano Sapnuose” é, sim, forte, bastante agradável e bem pensado com alguns momentos mesmo bons, como são os casos de “Sapnouse”, “Kartais” e “Run with the Lions”.
Não sabemos ao certo como é o atual mercado pop lituano, mas para já, parece-nos estranha a parca aposta em vídeos promocionais, vulgo videoclips.

Vídeos e temas promocionais
Run with the Lions


Mintys


Leiski Man


Prisimink


Laukiu


Kartais


Skirtingi pasauliai ft. Inga Jankauskaitė


Run With The Lions (Leon Somov remix)



Alinhamento
Sapnouse
Leiski Man
Mintys
Prisimink
Laukiu
Kartais
Skirtingi pasauliai ft. Inga Jankauskaitė
Skirtingi pasauliai ft. Inga Jankauskaitė (Acoustic Version)
Run with the Lions
Run with the Lions (Leon Semov Remix)

Temas destacados por Carlos Carvalho: “Sapnouse” e “Kartais”

A ver: Jurij Veklenko "Run With The Lions" (Lithuania 2019) Interview @ #PrePartyES Eurovision Party Madrid


Pode ouvir o disco AQUI.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OPINIÃO CARLOS CARVALHO / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

Sem comentários