ESC2020: Haia está fora da corrida pela organização do Festival Eurovisão 2020


A cidade de Haia, sede do Festival Eurovisão de 1976 e 1980, está fora da corrida para organizar a edição de 2020, apresentando o seu apoio à candidatura de Roterdão.


A cidade de Haia confirmou, esta tarde, que está fora da corrida pela organização do Festival Eurovisão 2020, depois de ter recebido as edições de 1976 e 1980. A notícia foi avançada pelo De Telegraaf, frisando que a cidade tomou a decisão devido aos elevados custos necessários para cumprir as normas da EBU/UER relativamente ao local que receberia o evento. Além disso, a publicação avança que a cidade manifestou o seu apoio à candidatura de Roterdão.

O Cars Jeans Stadion, local construído em 2007 e com capacidade para 15 mil pessoas, era um dos potenciais locais para encabeçar a candidatura de Haia, sendo que para respeitar os requisitos da EBU/UER seria necessária a instalação de uma cobertura. Por outro lado, Haia ponderou também a construção de um recinto em Malieveld.

Amesterdão, Arnhem, Breda, 's-Hertogenbosch, Maastricht, Roterdão e Utrecht são as cidades que continuam na corrida pela organização do Festival Eurovisão 2020, enquanto Haia e Leeuwarden retiraram as suas candidaturas para receber o evento internacional.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix/ Imagem: Google/ Vìdeo: Youtube

1 comentário:

  1. Luis Andre Santos23:16

    Ou muito me engano, ou a montanha vai parir um rato, tantas candidaturas e depois há-de ser numa arenazinha como a de Tel-Aviv (atenção, nada contra, até porque acho que houve um melhor aproveitamento de planos televisivos em Israel do que em Lisboa) ... "size doesn't matter"

    ResponderEliminar