[ESPECIAL] Quantos jurados colocaram "Telemóveis" no top10 da semifinal?


Portugal foi o último classificado na votação do júri da primeira semifinal do Festival Eurovisão 2019. Contudo, 35 dos 95 jurados nacionais colocaram "Telemóveis" de Conan Osíris no top10 da eliminatória.


Descubra tudo sobre as votações dos júris nacionais para com a canção de Portugal:

Austrália (13.º)
Na Austrália, Portugal teria sido finalista para Mark Cummins (5.º) e Lewis Hobba (8.º), opinião que não fosse unânime para os restantes jurados. Alice Chance e Mark Humphries colocaram Portugal em 11.º lugar, enquanto, para Christine Anu, Portugal seria 14.º classificado, à frente da Eslovénia e Bélgica.

Bélgica (10.º) - 1 ponto
Quatro dos cinco jurados da Bélgica colocaram Portugal no top10 das suas votações: Alex Germys (5.º), Hakima Darhmouch (6.º), Olivier Biron (9.º) e Pierre Bertinchamps (10.º). Por outro lado, Joelle Morane colocou Portugal fora dos pontuados, em 11.º lugar, o que fez com que "Telemóveis" ficasse em 10.º da geral, recebendo 1 ponto.

Bielorrússia (15.º)
Na Bielorrússia, Portugal ficou em 15.º lugar na votação do júri, superando apenas a Finlândia. Anzelina Mikulskaya foi a única jurada a colocar Portugal no top10, enquanto Olga Rizhikova colocou a canção portuguesa em 11.º. Os restantes jurados colocaram "Telemóveis" abaixo da 14.ª posição da semifinal.

Chipre (8.º) - 3 pontos
No júri de Chipre, "Telemóveis" de Conan Osíris ficou dentro dos dez favoritos de quatro dos jurados. Lisa Tsangaridou colocou a canção de Portugal em 2.º lugar, seguida das classificações de Andrie Michael Daniel (8.º), Despo Karpo (9.º) e DJ CHRIS P (10.º). Por fim, Stefanos Andreas Arestis colocou Portugal em 13.º lugar, colocando a canção de Conan Osíris em 8.º lugar da geral, recebendo 3 pontos.

Eslovénia (16.º)
Na Eslovénia, a canção de Portugal ficou em último lugares nas preferências dos jurados nacionais. Ziga Klancar e Ursa Vlasic colocaram "Telemóveis" em último lugar, enquanto Ula Lozar (JESC2014) e Mate Bro colocaram em penúltimo, após a canção de São Marino. A melhor classificação foi dada por Ursa Mihevic, com Portugal a superar a canção da Austrália e São Marino nas preferências da jurada.

Espanha (14.º)
Em Espanha, Portugal apenas contou com uma presença no top10 dos jurados: Raúl Gómez colocou "Telemóveis" em 8.º lugar, enquanto Ricky Merino atribuiu o 11.º lugar à canção portuguesa. Para David Feito, Portugal ficou em 16.º lugar (superando apenas a Geórgia), enquanto Sole Gimenez e Elena Gómez a colocarem a canção de Conan Osíris no último lugar.

Estónia (16.º)
Portugal ficou em último lugar nas preferências do júri da Estónia, tendo sido o último classificado nas preferências individuais de Reet Linna, Mikk Targo e Uku Suviste. Por outro lado, Kaupo Karelson e Sandra Sersant colocaram Portugal em penúltimo lugar, depois da Austrália.


Finlândia (11.º)
No júri da Finlândia, Portugal contou com 3 presenças no top10 dos jurados: Eva Louhivuori (8.º), Samuli Sirviö (8.º) e Susanna Vainiola (9.º). Por outro lado, Lasse Wikman e Janne Hyöty colocaram Portugal em 12.º e 14.º, respetivamente, deixando "Telemóveis" fora dos pontuados do júri da Finlândia.

França (12.º)
Portugal contou com 3 presenças no top10 dos jurados de França: Bintily Diallo colocou "Telemóveis" em quinto lugar, enquanto Bruno Berberes e Delphine Elbé colocaram em sétimo e nono lugar, respetivamente. No entanto, o 13.º lugar de Lionel Maurel e o 16.º de Mohamed Zayana colocaram Portugal em 12.º lugar da geral, ficando sem qualquer pontuação.

Geórgia (11.º)
Na Geórgia, Portugal ficou em 11.º lugar nas preferências, contando com duas presenças no top10: Lado (5.º) e Mariam Marik Lezhava (10.º). No entanto, as votações de Khatuna Koberidze (16.º), Boris Shkhiani (13.º) e Jojo (14.º) colocaram Conan Osíris fora dos pontuados.

Grécia (11.º)
Na Grécia, "Telemóveis" ficou no top10 das preferências em 3 dos 5 jurados: Eirini Karagianni (3.º), Nikos (9.º) e Stella Chroneou (10.º). Contudo, o 12.º lugar de Emmanouil Pantelidakis e o 15.º posto de Thanasis Alevras, depois da Bélgica, colocou Portugal em 11.º lugar e fora dos pontuados.

Hungria (11.º)
"Telemóveis" ficou de fora dos pontuados da Hungria, terminando em 11.º lugar, mas três dos cinco jurados colocaram Portugal no top10: Izil (4.º), KIKI (7.º) e Lola (8.º). Contudo, o 13.º lugar de Mátyás Szepesi e Alexandra Iván fez com que Portugal não recebesse nenhuma pontuação.

Islândia (16.º)
Na Islândia, Portugal ficou em último lugar nas preferências dos jurados, sendo o último classificado de Oskar Einarsson, Maria Olafsdottir (ESC2015) e Johann Hjorleifsson. Por sua vez, Hrafnhildur Halldorsdottir e Lovisa Arnadottir colocaram Portugal em 15.º (e penúltimo) à frente das candidaturas da Geórgia e de Montenegro, respetivamente.

Israel (17.º)
Em Israel, Portugal ficou em último lugar nas preferências dos jurados, sendo o último classificado de Shlomit Aharon, Dikla e Avi Ochayon. Doron Talmon colocou Portugal em 16.º, depois da Islândia, enquanto Aviad Rosenbaum meteu "Telemóveis" em 15.º na semifinal, após São Marino e Islândia.

Montenegro (13.º)
4 dos 5 jurados de Montenegro colocaram Portugal fora do top10 das preferências: Verica Culjkovic e Igor Perivoc colocaram "Telemóveis" em 15.º lugar à frente das canções da Bielorrússia e Estónia, respetivamente, enquanto Vjera Nikolic (13.º) e Sasa Barjaktarovic (11.º) também colocaram Portugal fora do top10. A única expeção foi Marko Pesic que colocou Conan Osiris no 9.º lugar.

Polónia (9.º) - 2 pontos
4 dos 5 jurados da Polónia colocaram Portugal no top10 das preferências: Anna Wyszkoni e Maciej Durczak colocaram "Telemóveis" em 7.º lugar, seguido pelo 8.º lugar de um jurado cujo nome não foi revelado e o 10.º de Dominika Gaweda. No entanto, o 16.º (e último) lugar de Rafal Brzozwski colocou Portugal no 9.º lugar das preferências.

República Checa (9.º) - 2 pontos
Para Jitka Zelenková, jurada na República Checa, Portugal teria sido o vencedor da semifinal do Festival Eurovisão 2019. Também Simon Holy (8.º) e Annet X (10.º) colocaram Portugal nos pontuados, mas o último lugar de Iva Boková e Ondrej Cikán meteram "Telemóveis" na 9.ª posição das preferências do júri checo.

São Marino (15.º)
Para o júri de São Marino, Portugal teve a segunda pior canção da semifinal, apenas à frente da Finlândia. Danilo Berardi (8.º) foi o único jurado a colocar Portugal no top10, seguido de Marilia Reffi (12.º) e Sabrina Minguzzi (13.º). Por outro lado, Elia Gasperoni colocou Portugal em penúltimo, à frente da Bélgica, e para Paolo Rondelli, Portugal teve a pior canção da semifinal.

Sérvia (15.º)
Na Sérvia, nenhum dos jurados colocou Portugal no top10 da semifinal. A melhor classificação veio de Sanja Ilic (12.º), seguida de Voja (14.º). Para os restantes jurados, Conan Osíris teve a segunda pior canção do alinhamento, superando apenas a da Islândia.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv 

24 comentários:

  1. Anónimo17:06

    Portugal em último na votação dos jurados, nas duas semifinais, com apenas 8 pontos... agora tudo faz sentido, depois dos programas de análise pré eurovisao nos colocar igualmente em último. Só mesmo alguns de nós é que não queríamos ver...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:25

      A globalidade dos votos do televoto e dos júris não deixam dúvidas sobre a música portuguesas. Só os eurofãs portugueses é que não conseguem ver e agora tentam consolar-se em pesquisar jurados que votaram em Portugal. Foi dos piores resultados da história das eliminações em semi-finais. A RTP tem de mudar tudo radicalmente. A RTP não pode continuar a humilhar os portugueses com os dinheiros públicos que os próprios portugueses pagam. Venha a SIC ou a TVI.

      Eliminar
    2. Muitos outros países foram postos em baixas posição e não receberam o mesmo tratamento do júri. Portugal foi boicotado.

      Eliminar
    3. Anónimo06:06

      "Venha a SIC ou TVI", estação mais azeiteira de Portugal. Tenha juízo!
      A RTP deve é continuar a sua aposta na qualidade e seriedade musical e não ceder às pressões do público português, cujos gostos são mais do que discutíveis. De acordo com o júri de sala (nas semifinais portuguesas), "Telemóveis" estava longe de ser uma boa canção. De repente, na final, e por causa das pressões do público, a opinião do júri mudou subitamente.
      Tivessem insistido com o sentido original da opinião profissional e, se calhar, não tínhamos sido tão humilhados. Não digo que ganhássemos, mas pelo menos não ficávamos em último ou penúltimo, como ficámos com as escolhas iluminadas do público português nos últimos dois anos.

      Eliminar
    4. Anónimo12:18

      Levássemos a Surma e eu queria ver a diferença...

      Eliminar
    5. Anónimo17:53

      Anónimo das 06:06 tenha voce juízo. TVI e SIC sao mais avançadas que a RTP nao so em termos de produçao mas de profissionalismo. A RTP nem consegue pôr videos de HD no youtube, de que seriedade musical é que fala? O gosto da RTP é bastante discutivel e isso reflecte-se nos compositores que sao escolhidos e que se vêem obrigados pela propria RTP a fazerem outro tipo de musica para o festival, em vez de seguirem a linhar que fazem cá fora. Já cansa esse preconceito musical. Ninguem pôs uma arma apontada à cabeça da RTP, ceder a pressoes? Se cederam só mostraram que não sao profissionais e tao serios como voces tanto gostam de apregoar. Que mais provas é que precisam? E que fontes sao essas que usa para dizer que o juri de sala das semifinais pensava isso de Telemoveis?

      Pelos vistos temos um juri medroso, incapaz de manter a sua opiniao e suposta seriedade musical. Tenho que lembrar-te que foi a RTP q convidou o Conan, foram varios jurados que estiveram na semi final?

      Tivessem insistido em candidaturas abertas a todos e não teríamos tido os resultados humilhantes dos 2 ultimos anos. Tivemos mais bons resultados nos anos de 'pouca qualidade musical' do que agora, onde só triunfámos graças à dupla sobral. É que sabes, meu anjo, a Luísa sobral foi um caso isolado que não voltará a acontecer. Metam isso na cabeça e desçam desse pedestal. Graças a essa vitoria voces acham que só vamos la com baladinhas e coisas alternativas, que isso é que define qualidade. Espreita o top 10 deste ano para veres como esse AZEITE voltou a dar-vos uma bofetada de luva branca...não acordem que nao é preciso. Acham que sao iluminados mas os eurofas ja mostraram no ano da Filipa sousa, da Leonor andrade, vania, da claudia e do Conan que estao fartos da tristeza portuguesa e musicas para dormir.

      Seriedade musical nao é ter um FC onde 90% das musicas sao uma depressao pegada, sem diversidade musical, sem ritmo, sem modernidade, ou qualquer esforço quanto a staging que é algo essencial no ESC atualmente.

      Poupem-me com as vossas predições de ficarmos em ultimo ou em quarto. A suiça e a republica checa trabalharam com antecedencia, não se armam em snobs musicais da europa, os eurofas ja nao aguentram essa arrogancia da RTP.

      Tivessem insisto num concurso aberto e mudado quem escolhe estes artistas e compositores, tivessem menos preconceito musical no FC e dado mais apoio em termos de produção e staging performativo, se parassem de chamar azeite a tudo o que nao é cançao para dormir, não continuavamos a ficar para trás dos outros países. Quando Conan estava em 8º nas apostas era o maior, agora que caiu já foi humilhaçao. Sejam coerentes de uma vez, o verdadeiro culpado foi a RTP.

      Eliminar
  2. Anónimo17:16

    Parabéns rtp ! Continuem a não investir num bom stage nos próximos anos ! Infelizmente vamos ficar pela semi outros 7 anos

    ResponderEliminar
  3. Anónimo18:04

    Os jurados de espanha odeiam-nos todos os anos...incrivel. E a maioria nem sao musicos. França é outra...tá na hora de deixarmos de votar e contar com estas coisas dos hermanos, vizinhanças. Tá mais provado que isso nao garante nada, quem tem boa cançao e bom staging leva pontos suficientes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:49

      Os jurados não tem culpa que os portugueses não saibam fazer música. Esta música do Conan era uma aberração cultural.

      Eliminar
    2. Anónimo17:35

      21:49 fofinho, que tal leres o meu comentario de novo? não sabemos fazer musica, por isso é que os portugueses têm o país vencedor com mais votos do ESC. Portugal era tal aberração cultural que ficou em 8o nas apostas e so caiu depois dos ensaios, portanto o que rtp não sabe fazer é staging, a culpa não é dos tugas. Os jurados deram mais pontos a San Marino e gente desafinada do que Portugal e Grécia, bebé. Arranja lá outro argumento para fomentar o teu odiozeco. Boa tentativa though. E parem de dizer que é um concurso de música. Já foi a
      provado várias veze que a música é secundária.

      Eliminar
  4. Anónimo18:05

    Israel só pos fora da final islandia e portugal (paises que usaram simbolismos da palestina ). Cabroes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:40

      Então Israel só votou em doze países? Se só pôs dois fora da final… A que ponto chega o fanatismo...

      Eliminar
    2. Anónimo06:09

      Ei, pessoal... a Islândia só usou a bandeira depois de as votações terem sido encerradas.
      E o Conan não usou nenhum símbolo da Palestina explícito (e tenho dúvidas de que houvesse sequer alguma coisa implícita). Deixem-se de delírios.

      Eliminar
    3. Anónimo18:22

      Claro que estava implícito ele afirmou num concerto que faria algo em relação a palestina, mas fez de forma indirecta atravez das cores que usou em palco, em partes do excerto da musica quem mata quem e morre em palco no fim. ...

      Eliminar
  5. Anónimo18:05

    polonia e republica checa <3

    ResponderEliminar
  6. Anónimo20:19

    Que vergonha termos sido representados por algo assim !

    ResponderEliminar
  7. Anónimo21:11

    Aconteceu e não há volta a atrás.. Vamos voltar a apostar em luisa sobral ou mesmo em salvador sobral... Vamos voltar a um estilo de música que podemos fazer e que sabemos que somos diferentes... Até porque este ano o fogo de artifício reinou o festival todo.. Quase todas as canções tinham uma encenação astronómica...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo06:13

      Há mais compositores e cantores com qualidade, além dos nossos irmãos maravilha. Adorava ver-nos com uma composição de Miguel Araújo, por exemplo.
      Mas sim, concordo, que o caminho é apostar naquilo em que somos realmente bons e que nos distingue com qualidade. Mas claro que os eurofãs não merecem (incluindo os eurofãs portugueses, que são do mais ingrato e injusto que há). Pérolas a porcos...

      Eliminar
  8. Estes pormenores são muito importantes e vão ficar para a história. Sugiro que se faça um livro com uma boa encadernação nas cores da moda, verde garrafa e encarnado berrante, e um título do género Conan desceu a escada em Telaviv e não partiu os telemóveis dos júris que não votaram nele.

    ResponderEliminar
  9. So revela que afinal ninguém gostou...mas, foi sobretudo o staging que falhou, uma outra encenação podia ter feito milagres!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo05:23

    Acho engraçado os haters agora a sair da toca... o buzz sobre Portugal foi imenso e devemos sentir-nos como missão cumprida: saímos fora da caixa e foi deixada uma marca positiva.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo10:50

    curioso o programa finlandês De Eurovisa "arrasou" com o Conan e os jurados finlandeses nem meteram Portugal no último lugar, ficou quase no top 10 por eles.

    ResponderEliminar
  12. Que todos estes dados sirvam a quem toma decisões sobre a participação de Portugal na Eurovisão...

    ResponderEliminar