Espanha: Intervenção de Nieves Álvarez faz furor nas redes sociais


O erro da apresentadora Nieves Álvarez aquando do anúncio dos votos do júri de Espanha na Final da Eurovisão fez furor nas redes sociais.


Depois do icónico 'oit points' de Carolina Casado em 2014, as votações de Espanha no Festival Eurovisão estão sob o foco das atenções de todos os eurofãs devido às notórias dificuldades da pronúncia em inglês dos porta-vozes espanhóis. Após duas intervenções sem qualquer erro, a apresentadora Nieves Álvarez cedeu à pressão e cumprimentou com a Europa com "Buenas noches, Tel Aviv. Good evening, Europe from de, from Granada of la Alhambra". Nas redes sociais, a intervenção da apresentadora fez furor.










Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem: ELConfidencial /Vídeo: Eurovision.tv

8 comentários:

  1. Anónimo18:20

    Nem foi um engano muito estapafúrdio... pffff!....

    ResponderEliminar
  2. Anónimo18:29

    Falar inglês já é pedir demais aos nuestros hermanos ;-)

    ResponderEliminar
  3. André Gomes22:07

    E ninguém notou a constante saudação de Assis Azar, "good night" em vez de "good evening"

    ResponderEliminar
  4. Desculpem,mas todos os anos é a mesma coisa...não há paciência para a maioria dos eurofãs espanhóis.SE alguém ainda é pior que os portugueses,são eles de certeza.

    Exagerados,dramáticos,iludidos,revoltados.Têm sempre uma desculpa ou polémica ou crítica a fazer.Ou são as finais nacionais,ou o método de seleção,ou os artistas escolhidos,ou o staging,ou a ordem de atuação ou os comentadores ou o porta-voz.Irra!

    Depois admiram-se que a televisão deles que lhes dê ouvidos, sejam igualmente uns desesperados e "espalhem-se ao comprido" nos resultados.Se poupassem no drama e nas críticas e se focassem em tentar fazer algo coerente, Espanha se quisesse já teria ganho a Eurovisão há bastante tempo.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo01:11

    A profissão de intérprete é necessária. Reagem estas pessoas como se falar inglês fosse uma obrigação do neo-colonialismo. Quantos portugueses andam neste forum a alardear inglês quando nem português sabem? São os que dizem "haviam" em vez de "havia", "o Chipre" em vez de "Chipre", escrevem "à casos" em vez de "há casos", etc. São tantos os erros que... preferem utilizar palavras em inglês por já nem saberem como se diz em português, como "staging"... Hihihi

    Alardear conhecimentos em inglês serve apenas para esconder falhas inconfessáveis na sua própria língua.

    Eu sei que o inglês é a língua oficial a par do francês no ESC. Mas seria mais elegante colocarem-se intérpretes ao lado dos porta-vozes porque valorizaria as línguas nacionais. Respeito!

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Já uma pessoa não se pode enganar. Eu só me irrito quando vão ali para dizer os 12 pontos e põem-se com gracinhas da treta ou discursos cheios de coisa nenhuma a fazer passar o tempo que já é longo como a muralha da China. Este concurso cada vez se estende mais pela noite dentro. São os skteches sem nenhuma piada, são grupos com novos projetos, são convidadas cinquentenárias com pele de 20 anos e tudo junto com quase uma centena de votações começa a ser dilacerante. Não sei se para o ano ainda terei paciência para tanto.

    ResponderEliminar
  8. Podem dizer o que quiserem mas essa senhora foi em 2017, em 2018 e 2019 das mulheres mais bonitas e elegantes que esteve como porta-voz do juri nacional

    ResponderEliminar