ESC2019: SMRTV lamenta o último lugar de São Marino no júri de Itália


Carlo Romeo, diretor-geral da SMRTV, lamentou a classificação de São Marino na votação do júri de Itália: "São Marino mostrou que pode votar em plena liberdade e consciência".


Em declarações à SMRTV, Carlo Romeo, diretor-geral da emissora de São Marino, manifestou-se bastante satisfeito com a participação de Serhat em Telavive: "Não podíamos estar mais satisfeitos. Ficámos entre os 20 primeiros e entre os 10 primeiros no televoto (...) Fomos a surpresa. Somos um Estado que está acostumado a ser afastado imediatamente da competição" referiu, frisando que "valeu a pena o trabalho de um ano".

Contudo, o diretor-geral da SMRTV lamentou a votação do júri de Itália, que colocou "Say Na Na Na" em último lugar: "foi o único ponto negativo" referiu Carlo Romeo, relembrando que tal aconteceu também em 2014, ano em que Valentina Monetta representou o país e ficou em último na votação italiana.

Na votação da Grande Final, três dos cinco jurados italianos colocaram São Marino em último lugar, sendo que o 22.º e o 24.º postos atribuídos pelos restantes jurados, foram insuficientes para tirar o país do último lugar, que ficou em 21.º lugar no televoto italiano. Por outro lado, Itália venceu a votação do júri de Itália, com três pontuações máximas, enquanto ficou em terceiro lugar no televoto do país, que é fruto de uma média de cinco países escolhidos aleatoriamente.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: SMRTV/ Imagem: Google/ Vìdeo: Youtube

14 comentários:

  1. Anónimo12:25

    De facto é bastante revoltante que um júri vote tendo em conta a qualidade da música... não se faz

    ResponderEliminar
  2. Anónimo13:18

    Eu lamento mais o 10 lugar no televoto na final...
    Ainda bem que ainda ha jurados que nao se baseiam na vizinhanca.

    ResponderEliminar
  3. Bosta de música. A única coisa boa foram os Leds

    ResponderEliminar
  4. Anónimo13:26

    Eu lamento mais o 10 lugar no televoto na final...
    Ainda bem que ainda ha jurados que nao se baseiam na vizinhanca.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo13:32

    Portugal Vai ganhar o Barbara Fax award... É entre ele e a Madonna

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:49

      E o início da actuação da Madonna não parecia o stagging do Conan???? Parece que ela bebeu as influências portuguesas....

      Eliminar
  6. Para mim Portugal foi a melhor dessa semi final

    ResponderEliminar
  7. Eu votava naquele par que parece ter ido de roupa interior, acabadinhos de se levantar da cama. Ela até deve andar a dormir mal, olhando bem para os olhos dela...

    ResponderEliminar
  8. Anónimo14:31

    Eu também lamento terem levado um gajo que não tem voz nenhuma e que ainda desafinou. Uma desgraça nunca vem só...e ainda ter sido votado por júris
    Eu, se fosse de São Marino, não estaria satisfeito, estaria eufórico.
    A votação de São Marino foi, para mim, o que mais descredibilizou o ESC este ano, Mas depois das avózinhas russas já espero quase tudo

    ResponderEliminar
  9. Anónimo17:08

    Trabalho de um ano ? Aprende rtp !!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo18:22

    Não nos esqueçamos que a imprensa italiana, há dois anos, criticou asperamente o júri de São Marino por ter dado 12 pontos a Portugal e não à Itália. O chefe de delegação de São Marino bem tentou fazer ver que a canção de Portugal tinha sido a mais votada a nível geral e, como tal, não havido sido só o júri de São Marino a dar-lhe a pontuação máxima. No ano passado os comentadores italianos incentivaram o público italiano a não votar por São Marino por causa dessa "traição" (usaram mesmo a palavra).

    ResponderEliminar
  11. A Itália este ano nem votou nos seus artistas e ia agora votar nos turcos.

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar