ESC2019: Oto Nemsadze garante que a sua canção fala "dos nossos territórios perdidos"


O cantor Oto Nemsadze, representante da Geórgia em Telavive, revelou que a sua canção fala "sobre a dor não curada pelos nossos territórios perdidos" em alusão às regiões separatistas da Abecásia e da Ossétia do Sul.
Depois de ter gravado o videoclip oficial da sua canção na fronteira da Geórgia com a região separatista da Abecásia, como pode recordar AQUI, o cantor Oto Nemsadze revelou, recentemente, que a canção "Keep on Going" é alusiva às duas regiões separatistas do país. As afirmações aconteceram num encontro promovido pela Embaixada da Geórgia em Israel, com o artista a frisar que "a canção que eu canto na Eurovisão tem um significado especial para todos os georgianos porque temos a chance de levar a todos a nossa dor não curada pelos nossos territórios perdidos. Não há maior honra para mim e não vou desistir de lutar por esta causa".

As declarações do cantor estão a causar furor nas redes sociais, tendo em conta que a EBU/UER, entidade máxima do certame, não permite canções com teor político no evento. Contudo, até ao momento, a União Europeia de Radiodifusão ainda não reagiu às declarações.


De realçar que, em 2008, depois da Guerra na Ossétia do Sul, entre as tropas das regiões separatistas apoiadas pela Rússia e o exército da Geórgia, o país ponderou a retirada do Festival Eurovisão 2009, edição sediada em Moscovo. Contudo, apesar de ter garantido que "não participaria num país que viola os direitos humanos e as leis internacionais" e alegando falta de segurança, a GPB confirmou a participação no concurso, após ter recebido a pontuação máxima da Rússia no concurso infantil. Depois de realizada uma final nacional, Stefane & 3G e a canção "We Don't Wanna Put In" foram os escolhidos para representar a Geórgia em Moscovo, mas a canção foi barrada pela EBU/UER devido a referências políticas a Vladimir Putin, primeiro-ministro russo. A EBU/UER pediu à GPB para alterar a letra e/ou selecionar outra canção, algo que foi recusado pela emissora georgiana que garantiu que a rejeição baseou-se na pressão política exercida pela Rússia.


Estreante em 2007, a Geórgia participou em 11 edições do Festival Eurovisão, tendo apenas falhado a edição de 2009 visto ter retirado a sua candidatura depois da mesma ter sido recusada pela EBU/UER. O 9.º lugar alcançado em 2010 e 2011 por Sopho Nizharadze e Eldrine, respetivamente, é o melhor resultado do país. Em Lisboa, o grupo IRIAO interpretou "For You", sendo a primeira canção da história totalmente interpretada em georgiano: contudo, a candidatura ficou-se pelo 18.º (e último) lugar na semifinal com apenas 24 pontos, sendo a pior classificação de sempre do país.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: GPB / Imagem: GPB /Vídeo: Eurovisiontv

3 comentários:

  1. Anónimo21:09

    Desclassificação à vista?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:32

      Ele canta em georgiano, ninguém vai perceber o que ele diz por isso diria que não, também já se sabia qual era o subtexto da música quando ele foi gravar o postcard, não é surpresa nenhuma

      Eliminar
    2. Anónimo09:42

      O postcard foi gravado em Israel, deve estar a pensar no vídeo da música

      Eliminar