ESC2019: Chingiz garante que "os votos foram contados incorretamente" no Festival Eurovisão


O representante do Azerbaijão em Telavive garante a existência de "uma injustiça contra nós" no evento, lamentando a vitória da Holanda: "A canção é boa, mas a encenação foi fraca. O nosso desempenho foi melhor".

O cantor Chingiz, representante do Azerbaijão no Festival Eurovisão 2019, reagiu, em entrevista à Oxu.Az aos resultados do evento: "Houve uma grande injustiça contra nós no concurso. Queríamos ganhar o primeiro lugar. O sétimo lugar não era merecido... muito menos o oitavo." frisou o cantor,  criticando a mudança na classificação final e a organização do evento, "Escrevi nas redes sociais que o concurso acabou, mas os resultados continuam a mudar. O quão correto é isto? Se fosse uma competição pequena... mas esta é uma competição enorme. Não entendo o que está a acontecer e não sei que mudanças decorrerão na próxima semana. Não sei se a falsificação de resultados aconteceu, mas não deveriamos ter ficado em sétimo ou oitavo. Os nossos compatriotas que vivem na Europa votaram o suficiente para mais. Acho que os votos foram contados incorrectamente. Todos já vimos isso...".


Garantindo que esteve "totalmente focado num bom desempenho", Chingiz lamentou também os "erros grosseiros" da organização com o Azerbaijão, com erros na bandeira do país na conferência de imprensa e do mapa transmitido na votação: "Tanto quanto sei, foi apresentada uma queixa. Houve um grande escândalo. É possível que tenha acontecido por ignorância e talvez isso seja uma provocação... apesar de não acreditar. Em qualquer caso, isto é um caso de negligência.

Além disso, Chingiz garante que não ouviu a atuação de Madonna, "não estava interessado. Nunca senti simpatia por ela", lamentando também o triunfo da Holanda: "A canção foi boa, mas a encenação é fraca. Acho que o nosso desempenho foi melhor, o que nos levou a pensar que pensaríamos. Mas acabou... O principal é que tivemos um bom desempenho e representámos adequadamente o Azerbaijão. Agora a aventura continua pela Europa para promover o meu trabalho".


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:OxuAz/wiwibloggs/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

28 comentários:

  1. Anónimo11:24

    A música dele não merecia nem o top 10. Por isso que baixe o ego, há que saber perder. Nunca ganharia os festival

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:09

      Merecia sim senhor o top 10, a canção é boa, e merecer ganhar? Porque não?
      A Austrália é que não merecia top 10 nenhum, em conjunto com Itália e Suécia.

      Eliminar
  2. Anónimo12:00

    Já não há pachorra...para a próxima edição arranjem um troféu para cada um e assim todos ganham e ficam contentes.
    Jovem, a tua canção até não era má, mas dizer que colocar uns robots é melhor que a apresentação da Holanda??? Realmente vocês jogam é no espectáculo e não na canção...
    Esta gente perdeu a vergonha ao admitir, o que já se sabia, votam pelo país e não pela canção. Realmente a gente deste lado da Europa ainda tem muito que crescer em seriedade e honestidade intelectual...por isso no conflito até tenho mais simpatia pela Arménia do que por estes gajos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:15

      Simpatia pela Arménia?? lol, deixa-me rir. A Arménia tem trazido á Eurovisão, de um modo geral, piores canções de que o Azerbeijão.

      Eliminar
  3. Anónimo12:11

    Ele não merecia ganhar porque a musica não era assim tão boa

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12:23

    Ao menos não teve só uma escada sem sentido nenhum no palco e um fato verde horrível

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:46

      Muito bem dito! :)

      Eliminar
    2. Anónimo17:58

      o Azerbeijao percebeu os erros que cometeu em 2018...não sao como a RTP.

      Eliminar
  5. Anónimo13:28

    "Os nossos compatriotas que vivem na Europa votaram o suficiente para mais." Este pelos vistos achava que estava a concorrer sozinho. Que conclusão mais parva. Quiduxo estavas a concorrer sozinho?

    ResponderEliminar
  6. Anónimo14:34

    Portanto mal a perder. Quem ohe dera a ele ter cantado como a Holanda. O Duncan nao precisou de um coro para tapar a voz.... E com esta me fico

    ResponderEliminar
  7. Anónimo14:43

    Lol fosse o salvador a dizer o mesmo faziam um drama...isto sim é arrogancia e mau perder. Que patetico.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo16:08

    ¡Pobre hombre! Por lo que cuenta, Eurovision fue una tortura. Ni le gustó el país, ni la organización, ni el escenario, ni el jurado, ni las votaciones, ni la música, ni los demás países, ni la iluminación ni el sonido, ni Madonna.

    Tel Aviv 2019 fue una maravilla de edición y este hombre estaba sufriendo. ¡Jajaja!

    Chingiz dice que no estaba interesado en Madonna. Seguramente ella padece insomnio desde entonces, porque Chingiz no quiso escucharla.

    ResponderEliminar
  9. Quanto choro, meu Deus, aceita que não foi bem, Chingiz! Não mereceu mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:06

      Ele e a servia...dois choroes

      Eliminar
  10. Anónimo16:50

    É certo que nao escolheu as melhores palavras, mas tem razao. Este ano a organizaçao foi horrivel, desde planos de camara ao som, ao sistema de votos. Queixas por parte da maioria das delegaçoes..enfim. Estes erros nao podem ser cometidos pela EBU outra vez.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo17:20

    que encenação ele pretendia para o Duncan? ele que ganhe juízo, até eu que não sou fã da canção vencedora até a actuação convenceu-me.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo03:57

      Ele só disse que a encenação era fraca... Tipo, é só a opinião dele. Nem disse nada de especial. A mensagem dele era mais em relação a à delegação do país dele e a terem feito um bom trabalho - a seu próprio ver.

      Eliminar
  12. Anónimo18:07

    Ainda por cima é um homófobo.

    ResponderEliminar
  13. Joåo Van Der Dick18:12

    Tem toda a razão! Merecia ganhar, melhor música, bonito até dizer chega... força Azerbaijão!

    ResponderEliminar
  14. Anónimo18:24

    Ai Gatão!

    ResponderEliminar
  15. Anónimo19:40

    Gatao sim, sexy sim, mas com um ego maior que o mundo e com uma musica mediana e um staging absurdo. 7' e um lugar justo.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo22:36

    Pessoalmente achei o staging deste senhor muito foleiro. Azeite, como dizem cá no sitio. Aquele efeito que aparecia la para o final da canção estava tao mal feito e foi alvo de gozo enorme...e ainda reclamavam com a produçao e tecnologia de 2018 no ano passado, depois desta aprenderam...lol

    ResponderEliminar
  17. Com tanto veneno e revolta destilada duvido que consiga promover o trabalho dele na Europa.

    ResponderEliminar