Noruega: Suíça e Portugal em destaque no segundo episódio do "Adress Tel Aviv"

A Suíça venceu o segundo episódio do "Adress Tel Aviv", com 81 pontos. Portugal ficou em último lugar com 14.


Através do site oficial, a emissora estatal da Noruega transmitiu o segundo episódio do Adresse Tel Aviv, programa em que um painel de convidados irá analisar e pontuar todas as 41 canções a concurso no Festival Eurovisão 2019.

A edição deste ano conta com um painel de comentadores formado por Ingeborg Heldal (apresentador), Ulrikke Brandstorp (finalista do MGP2018), Morten Hegseth (jornalista), Per Sundnes (antigo chefe de delegação noruguês) e Staysman (participante no MGP2015).

A Suíça foi a grande vencedora do segundo programa, tendo somado 81 pontos. Polónia e Espanha seguiram-se nas preferências dos comentadores. Já Portugal ficou em último lugar com apenas 14 pontos, algo que já vem sendo hábito em quase todos os programas de análise que se realizam pela Europa.

Aceda, de seguida, à classificação do Adress Tel Aviv:
(a negrito os países analisados neste segundo programa)

1.º Chipre - 92 pontos
2.º Malta - 83 pontos
3.º Suíça - 81 pontos
4.º Polónia - 67 pontos
5.º Arménia - 62 pontos
6.º França - 61 pontos
7º Espanha - 60 pontos
8.º Reino Unido - 59 pontos
9.º Islândia - 55 pontos
10.º Dinamarca - 54 pontos
11.º Rússia - 51 pontos
12.º Hungria - 48 pontos
13.º Eslovénia - 47 pontos
14.º Irlanda - 41 pontos
15.º Austrália - 39 pontos
16.º Alemanha - 37 pontos
17.º Moldávia - 32 pontos
18.º Geórgia - 30 pontos
19.º Estónia - 22 pontos
20.º Portugal - 14 pontos



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem: ESCPortugal / Vídeo: Eurovision.tv

9 comentários:

  1. Anónimo18:59

    A avaliar pelos representantes da Noruega faz sentido... estas cabeças pararam no início dos anos 2000

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Segundo li noutro forum, um norueguês que gosta da nossa música diz que um deles deu 12 pontos a Portugal,os outros só se riam e gozavam. Acabou por não ver o resto do programa porque não estava a gostar da reacção exagerada deles.

      Eliminar
  2. Anónimo19:09

    Estes programas e estas votações ja começam a meter um bocado de nojo. Tudo a votar nos mesmos, nas canções clichés que se repetem todos os anos com base umas nas outras..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:13

      Eurovisão sempre foi MUITO conservadora nas musicas que se destacam...o Cliché sempre teve muito destaque no festival, pouca coisa foi inovadora ao longo da sua historia. Não acredito que seja o Conan a virar essa tendência, aliás prevejo vida difícil para a nossa musica este ano.

      Eliminar
    2. nossa canção...é um concurso de canções não de música. Música toca-se não se canta

      Eliminar
  3. Anónimo19:09

    Portanto, os nórdicos destroem-nos sucessivamente. Pode ser que não tenham eles a palavra final.

    ResponderEliminar
  4. Nem me vou dar ao trabalho de comentar. Não gostam temos pena.
    Não é na próxima semana que começam os ensaios?

    ResponderEliminar
  5. Anónimo20:33

    Manos, para os nórdicos só há um estilo de música: pop cantada em inglês!

    ResponderEliminar
  6. No ano passado a Finlândia, Bielorrússia e Grécia foram primeiras no Adresse Lisboa. Precisam da flecha do Conan para ver se acertam:-)

    ResponderEliminar