ESC2019: Portugal pontuado pela OGAE Austrália


Itália é a favorita dos associados da OGAE Austrália para vencer o Festival Eurovisão 2019 e reassumiu a liderança. Portugal ficou em 10.º lugar nas preferências.

A OGAE Austrália revelou a sua votação para a Big Poll 2019 da OGAE International para o Festival Eurovisão 2019, tornando-se a 23.ª de 44 associações a revelar as preferências dos seus associados. A Itália recebeu a pontuação máxima e recuperou a liderança, com Holanda e Islândia a seguirem-se nas preferências. Portugal ficou em 10.º lugar na votação, sendo a quarta vez que foi pontuado na edição.

Votação da OGAE Austrália
12 pts Itália
10 pts Holanda
8 pts Islândia
7 pts Noruega
6 pts Suíça
5 pts Suécia
4 pts Azerbaijão
3 pts Chipre
2 pts Rússia
1 pt Portugal



Classificação Total (23 de 44)
1.º Itália - 211 pontos
2.º Suíça - 206 pontos
3.º Holanda - 205 pontos
4.º Chipre - 111 pontos
5.º Noruega - 103 pontos
6.º Suécia - 101 pontos
7.º Azerbaijão - 63 pontos
8.º Rússia - 57 pontos
9.º Grécia - 50 pontos
10.º Islândia - 49 pontos
11.º Espanha - 42 pontos
12.º Malta - 28 pontos
13.º França - 16 pontos
14.º Bélgica - 15 pontos
15.º Portugal - 15 pontos
16.º Eslovénia - 13 pontos
17.º Dinamarca - 12 pontos
18.º Arménia - 9 pontos
19.º Polónia - 7 pontos
20.º São Marino - 6 pontos
21.º Israel - 4 pontos
22.º Estónia - 2 pontos
23.º Hungria - 2 pontos
24.º Albânia - 2 pontos
25.º Macedónia do Norte - 2 pontos
26.º Reino Unido - 2 pontos

Aceda AQUI à votação na íntegra.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCToday/ Imagem: Google/Vídeo: Eurovision.tv

15 comentários:

  1. Anónimo12:55

    Embora estas votações não signifiquem nada, alguém se lembra com quantos pontos ficou o Salvador no total?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:34

      6°lugar com 122 pontos ainda com uma grande diferença para o 5°classificado, a Estónia que terminou com cerca de 240 pontos.

      Eliminar
    2. Anónimo13:46

      Em 2017 o Salvador acabou em sexto lugar com 122 pontos.

      Este ano estamos longe de ser os favoritos à vitória e já começamos a descer outravez nas casas de apostas, depois de tantas semanas no 11 caímos para o 12

      Eliminar
    3. Anónimo13:51

      Participante e delegação desaparecidos... cai no esquecimento :(

      Eliminar
    4. Luis Andre Santos15:57

      Estónia essa que nem à final chegou … ultimamente o vencedor da OGAE fica quase sempre em 6º lugar (2016, 2017 …) … salvo erro em 2006, o vencedor da OGAE também nem sequer passou da semifinal (Kate Ryan, Bélgica ...)

      Eliminar
    5. Anónimo19:22

      @13:51 O participante desaparecido não está, vai estar dia 26 num concerto em Coimbra.
      Ele antes da final tinha comentado que ganhar seria complicado em termos logísticos, possivelmente referindo-se aos concerto já agendados no "Road to Super Bock Super Rock".
      Porém, uma coisa não tira a outra e a delegação portuguesa poderia continuar a conversa à volta do participante com conteúdo online, arranjavam alguém da equipa de notícias para cobrir os concertos, faziam um vlog para publicar no canal oficial da eurovisão (como a Répública Checa fez) e produziam um videoclip e o seu making-off como diversos países o têm feito também no canal oficial da eurovisão... Sei lá... Tenho esperança que a delegação portuguesa tenha alguns trunfos debaixo da manga, mas dúvido seriamente que isso seja verdade

      Eliminar
    6. Anónimo20:38

      Tenho de confessar que a minha preocupação por não haver qualquer promoção por parte da delegação portuguesa é por ver outros países a promoverem a sua música no canal oficial da eurovisão, a Suíça até fez um vídeo de como dançar a música

      Eliminar
  2. Anónimo13:38

    Ficou em 6, com 122 pontos

    ResponderEliminar
  3. A Alesia Michelle comenta num vídeo sobre os dark horses deste ano que Portugal contratou uma equipa para staging. Alguém sabe alguma coisa sobre este assunto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tinha conhecimento deste assunto. Li em dois ou três sites diferentes. Se até a Alesia Michelle fala, é porque deve ser verdade. É óbvio que a RTP não divulga porque faz parte da estratégia, se o dissesse perdia o efeito surpresa. Adoraria que fosse verdade. Tudo á espera duma atuação igual á da final do FDC, e de repente vamos ao primeiro ensaio fazer uma atuação brutal. Era sempre a subir nas casas de apostas. No caso de ser uma informação verídica, tiro o chapéu á RTP. Já tinha imensa estima pelo Nuno Galopim e pela Carla Bugalho, então agora rebentava com os meus níveis de apreço por eles.

      Eliminar
    2. Anónimo19:25

      Também o ano passado a escunited comentava que a Grécia tinha algo especial preparado para a semifinal e que tinham props empatadas na alfândega e foi o que se viu...
      Até a escportugal ou a rtp confirmarem que uma equipa foi efetivamente contratada para o staging isso são apenas rumores

      Eliminar
  4. Anónimo14:28

    Estas votações não valem nada e mesmo que contassem Portugal está em 15 o que não é mau de todo. Alguns países nem tiveram pontuação! Menos drama escportugal!!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo17:04

    E qual e o problema de nao sermos favoritos? Ja agora queriam ganhar sempre.. Um top 15 ja me deixa feliz... Durante anos nem da semi passavamos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:12

      Mesmo,é mesmo o que eu penso

      Eliminar
  6. Anónimo19:35

    @Luís Andre Santos, não quero ofender, mas o seu comentário é um bom exemplo de memória seletiva, pois em 2018 acertaram no vencedor e que Portugal estaria no fim da tabela.
    Porém concordo que a votação das OGAEs não servemm para analisar o que irá acontecer na hora H, a votação baseia apenas em videoclip ou nas apresentações em palco das semifinais, porém se um país mantiver ou melhorar a qualidade da apresentação difícilmente irá cair longe do lugar previsto pelas OGAEs, pelo menos no que diz respeito a intenção de voto do público.

    ResponderEliminar