[ÁUDIO] Rússia: Sergey Lazarev apresenta remix oficial de "Scream"


O cantor russo Sergey Lazarev apresentou o remix oficial de "Scream", tema que defenderá no Festival Eurovisão 2019.


A comitiva russa em Telavive apresentou, esta manhã, a versão remix oficial de "Scream", canção que Sergey Lazarev defenderá no Festival Eurovisão 2019. Lançada como Lightsaber remix, a nova versão contou com produção de Arcade, equipa de produtores gregos constituída por Pavlos Manolis, Diveno, Anastasios Ramnos e Gabriel Russel.



Estreante em 1994, a Rússia participou em 21 edições do Festival Eurovisão, contando com uma vitória (2008) e outras sete presenças no pódio do certame. Depois da retirada da edição de 2017 devido à proibição imposta a Julia Samoylova, a Rússia foi representada pela cantora em Lisboa em defesa de "I Won't Break". Contudo, a candidatura falhou o apuramento para a Grande Final, algo inédito na história do país, terminando em 15.º lugar com 65 pontos na semifinal 2.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCToday/ Imagem: Google /Vídeo: Eurovision.tv

1 comentário:

  1. Anónimo15:10

    Ainda bem que a Rússia, finalmente, falhou um apuramento na Eurovisão. Estava a ver que nunca mais.
    Não é pela canção (que até gosto de ouvir), nem pela intérprete Julia Samoylova, mas acho que grande parte dessas sete posições no pódio foram quase todas injustas e sem mérito, uma delas foi em 2012 que quem representou a Rússia nesse ano foram 6 senhoras já com uma certa idade, que na altura muitas pessoas chamava-lhes "avózinhas". A canção é uma das piores de sempre da Eurovisão e a pior da Rússia, e ficou injustamente em 2º lugar na Eurovisão sem o merecer e nem á final devia ter passado. Também aproveito para dizer que nesse mesmo ano (2012) a canção que se classificou em 3º lugar, a Sérvia também tinha a sua pior canção do país, nem á final devia ter passado e a canção vencedora desse ano, a Suécia, apesar de ter uma canção um pouco melhor, mas mesmo assim venceu o certame sem mérito algum e devia ter dado o seu lugar a outro país com canção de melhor qualidade.

    ResponderEliminar