Alemanha: Espanha vence 2.ª episódio do "ESC-Songcheck" e Portugal fica em 7.º lugar


A canção de Espanha venceu o segundo episódio do ESC-Songcheck, programa de análises das canções do Festival Eurovisão da emissora alemã. Portugal ficou em 7.º lugar do episódio, ocupando a 11.ª posição entre 20 países.


"La Venda", canção defendida por Miki, foi a favorita do segundo episódio do ESC-Songcheck, programa de análise dos temas do Festival Eurovisão da emissora da Alemanha. A canção espanhola recolheu a pontuação máxima de um dos dois comentadores, tendo uma pontuação de 7,4 na votação online, ficando em quarto lugar na classificação geral do programa. Grécia, Islândia, Bélgica, França e Austrália seguiram-se nas preferências, com Portugal a ficar em 7.º lugar no episódio com 6 pontos (entre os 10 possíveis). Na classificação geral, a canção de Conan Osíris está em 11.º lugar entre 20 candidaturas analisadas.

Aceda, de seguida, à classificação do ESC-Songcheck:
(a negrito as classificações do 2.º episódio)

1.º Chipre - 8,8 pontos (7,6+10+10)
2.º Eslovénia - 8 pontos (7,4+10+7)
3.º República Checa - 7,8 pontos (6,6+10+8)
4.º Espanha - 7,7 pontos (7,4+10+6)
5.º Grécia - 7,65 pontos (7,8+8+7)
6.º Islândia - 6,7 pontos (6,9+3+10)
7.º Bélgica - 6,65 pontos (7,3+7+5)
8.º França - 6,65 pontos (6,8+5+8)
9.º Polónia - 6,5 pontos (5,4+8+7)
10.º Austrália - 6,3 pontos (6+5+8)
11.º Portugal - 6 pontos (5,5+5+8)
12.º Hungria - 5,9 pontos (6,3+6+5)
13.º São Marino - 5,8 pontos (6,6+5+5)
14.º Israel - 5 pontos (4,9+5+5)
15.º Sérvia - 4,7 pontos (4,9+6+3)
16.º Estónia - 4,1 pontos (5,7+2+3)
17.º Bielorrússia - 4,1 pontos (5,2+3+3)
18.º Finlândia - 3,8 pontos (4,6+4+2)
19.º Geórgia - 3,5 pontos (2,9+4+4)
20.º Montenegro - 2,9 pontos (3,7+3+1)




Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EurovisionDE/ Imagem: Google/Vídeo: Eurovision.tv

11 comentários:

  1. Espanha é todos os anos sobrevalorizada nas pré-épocas, mas depois o resultado final na Eurovisão é muito diferente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:33

      Muito do hype é criado pelos próprios espanhóis. Se já existem muitos portugueses a comentar nos tops do YouTube, imagina os espanhóis que são 4x nós e tem uma mentalidade idêntica à nossa.

      Eliminar
  2. Anónimo22:10

    Os jurados vão arrasar com a nossa canção como aconteceu com a suzy

    ResponderEliminar
  3. Anónimo22:34

    espanha? LOL

    ResponderEliminar
  4. Anónimo00:30

    A hype do Conan afinal foi-se

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:50

      Hype em abril? Dispenso... O hype que venha após a atuação do Conan na semifinal

      Eliminar
  5. Anónimo05:34

    Espero que a Carla Bugalho e o Nuno Galopim finalmente acordem para a vida e que para o ano exista algum investimento por parte da RTP.
    Não é fazendo nada como foi em 2017 que Portugal volta a ganhar.
    As coisas entretanto mudaram e a delegações têm apostado numa maior promoção pelos canais oficiais da eurovisão (videoclips, making-offs, entrevistas) e se analisarmos o que se passa nas delegações pelas notícias da escportugal é óbvio que existe uma maior aposta no resultado em palco, até San Marino contratou alguém com formação para tratar do staging (e não foi a Sa-Botage Baptiste!), e Portugal continua a deixar essa parte para os artistas...
    Até compreendo e respeito se a RTP não tiver qualquer vontade de vencer no futuro próximo, mas é frustante esta atitude passiva da delegação portuguesa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Li algures que ele está a trabalhar com uma equipa sueca contratada pela RTP, e que a coreografia não ia ter nada a ver com a do festival. Enfim, ver para crer! Da minha parte, espero que ele não leve a máscara nem aquela coisa na mão.

      Eliminar
    2. Anónimo01:48

      Se for verdade peço perdão ao Nuno Galopim e à Carla Bugalho, mas só vendo e até agora a escportugal não confirmou nada que indique que isso seja verdade

      Eliminar