[VÍDEO] "Telemóveis", de Conan Osíris, em destaque... no Quénia


O sucesso de "Telemóveis", tema que Conan Osíris defenderá no Festival Eurovisão 2019, está a fazer sucesso em todo o Mundo. Crianças da Kibera, a maior favela do mundo, lançaram um vídeo a dançar ao som do tema.

A canção representante de Portugal no Festival Eurovisão 2019 está a fazer sucesso... no Quénia. Um grupo de crianças quenianas da maior favela do mundo, a Kibera, interpretaram o tema "Telemóveis", com direito a dança e adereços que recordam a atuação do cantor no Festival da Canção 2019. O vocalista faz "play-back" da canção com duas duas colheres na cara e uma garrafa de plástico a fingir de microfone, sendo acompanhado por outras crianças.

O vídeo foi publicado no Instagram pela organização não-governamental local "From Kibera with Love", organização fundada pela portuguesa Marta Baeta em 2012 e que se dedica ao apoio de crianças e jovens daquela favela. "Apoiamos o Conan Osíris no Festival da Canção e vamos ganhar a Eurovisão" lê-se na legenda, com o artista a agradecer às crianças, "Assim vou chorar".


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: JN / Imagem/Vídeo: Instagram

5 comentários:

  1. Anónimo17:01

    Portugal, islandia, suiça no top

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:03

    O conan pode ganhar mas vsi srr complicado, mas o conan tem muita coisa a favor dele, a sua maneira de ser, a camção, a sua dança , o bailarino agora que vai ter concorrência vai, islandia, suiça...vamos ver mas ate aos ensaios acho que nao podemos fazer previsões em palco muda muita coisa

    ResponderEliminar
  3. se não tivessemos ganho em 2017 mt provavelmente ganhavamos agora em 2019...
    Sendo assim cheira-me que vamos ter a 2ªmelhor classificação de sempre, mas não vamos ganhar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:48

      Também já pensei nisso. As pessoas mesmo gostando da música podem não querer votar, por já termos ganho há dois anos. Em relação aos júris, acho que isso não altera em nada. Se gostarem vão votar na mesma.

      Eliminar
    2. Anónimo08:10

      Ya concordo, embora a suécia ganhou em 2012 e depois ganhou em 2015 por pouco não ganhou em 2014

      Eliminar