[VÍDEO] ESC2019: Conheça "Limits", a canção representante da Áustria em Telavive


A emissora austríaca ORF revelou, esta manhã, "Limits", canção que PAENDA defenderá no Festival Eurovisão 2019.

Depois da seleção interna de PAENDA, a emissora estatal da Áustria revelou, esta manhã, a canção que a cantora defenderá no Festival Eurovisão 2019. O vídeo oficial de "Limits" foi dirigido por Lelo Brossmann e conta com imagens da exposição ‘City of Women – Female Artists In Vienna From 1900 to 1938', em exposição no Bevedere Palace Vienna.



Estreante em 1957, a Áustria conta com 51 participações no Festival Eurovisão, tendo triunfado em duas edições: 1966 e 2014. Pelo quinto ano consecutivo numa Grande Final, o país foi representado por Cesár Sampson e "Nobody But You" em Lisboa, terminando em 3.º lugar com 342 pontos, tendo sido a candidatura mais votada do júri. De Portugal, a Áustria recebeu 8 pontos do painel de jurados.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

6 comentários:

  1. Anónimo12:25

    Fracote. Pode ser original mas acho que não chega a ter um ponto climax

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:46

    Tanto hype à volta desta música por parte dos aústriacos e apresentam isto?
    Música genérica, vídeo que não aporta nada de especial, mesma vibe da holanda, mas pior..
    O meu review: boring 0/10

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13:22

    Humm não gosto. É bonitinha mas fica por aí. Estou para ver a reação ao Sergey Lazarev. Se for um fiasco, creio que vamos ter Hatari e Conan a subir nas apostas. Há canções muito boas mas está tudo numa linha muito baladona pop ou à la Foreira.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo14:44

    Boa para anular a Grécia e a Holanda entre si.

    ResponderEliminar
  5. Este ano não temos Rock. AWS ano passado foi um marco para mim.

    Austria não me diz nada desde que voltou a Eurovisão (exceto 2016)!

    ResponderEliminar
  6. Nada a ver com o ano passado austria, lamento mas não chegam lá este ano

    ResponderEliminar