Suécia: Loreen colocou John Lundvik fora do 'Melodifestivalen' em 2017


John Lundvik, vencedor do Melodifestivalen 2019, revelou que foi afastado pela SVT da edição de 2017 depois de Loreen ter aceite o convite para o concurso "na noite anterior" à revelação dos participantes.



Loreen, vencedora do Festival Eurovisão 2012, foi uma das sensações do Melodifestivalen 2017, tendo participado com "Statements", tema que falhou o apuramento para a Grande Final. Contudo, aquando da revelação dos intérpretes da edição, Christer Björkman revelou que Loreen apenas tinha aceite o convite na noite anterior... sendo desconhecida a identidade do candidato eliminado com a entrada da cantora.

Contudo, em entrevista ao Aftonbladet, John Lundvik, vencedor do Melodifestivalen 2019, confirmou os rumores: "Estava pronto para participar, quando recebi a mensagem de que estava fora porque a Loreen tinha aceite" revelou o cantor, garantindo que "nunca soube as razões que levaram a cantora a decidir a participação na noite anterior". Porém, a estreia de John Lundvik poderia ter acontecido em 2014 com "Natural": "Fiz a minha estreia no coro do Anton Ewald em 2013 e, no ano seguinte, escrevi 'Natural' para mim e enviei... mas o Anton foi o escolhido para a cantar" confessou, garantindo que "agora, em retrospectiva, fico feliz... mas naquele momento foi complicado".

Depois do terceiro lugar no Melodifestivalen 2018 com "My Turn", John Lundvik representará a Suécia no Festival Eurovisão 2019 com "Too Late For Love", canção que venceu a votação de todos os jurados internacionais e do público votante no Melodifestivalen 2019.




Estreante em 1958, a Suécia conta com 58 participações no Festival Eurovisão, sendo um dos países com melhores resultados da história com 6 vitórias no curriculum. Em Lisboa, o país foi representado por Benjamin Ingrosso e "Dance You Off", terminando em 7.º lugar com 274 pontos, resultante do 2.º lugar no júri e do 23.º lugar no televoto.


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Aftonbladet/ Imagem: Google / Vídeo: Youtube

3 comentários:

  1. Anónimo16:20

    E nem a final chegou para aprender!!!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo18:45

    Statements era muito melhor que Euphoria, ridículo como em 2017 ganhou aquela coisa quando tinham algo com imensa qualidade a concurso

    ResponderEliminar