[Olhares sobre o OMPE] Quem representará a Moldávia no Festival Eurovisão 2019?


A Moldávia escolhe, esta noite, os seus representantes para o Festival Eurovisão 2019 através do O Melodie Pentru Europa 2019, certame que conta com dez participantes.


Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPortugal realiza, esta temporada, a terceira edição do Olhares sobre as finais nacionais, em colaboração com o painel do ESCPORTUGAL Regiões. O Olhares sobre as Finais Nacionais chega hoje à Moldávia, país que escolhe os seus representantes através do O Melodie Pentru Europa. Dez candidatos estão na corrida, com o júri e o televoto a serem os responsáveis por eleger os representantes da Moldávia no Festival Eurovisão 2019.

Conheça, de seguida, os favoritos do painel de comentadores:

Adão Nogueira escolhe Anna Odobescu e "Stay"
A Moldávia fez bem em ter reduzido o número de finalistas. Apresenta-nos uma seleção diversificada que não desilude e onde apresenta desde sons tradicionais a mais comerciais... mesmo assim longe das grandes finais nacionais deste ano. O facto de não apresentar musicas apenas em inglês é uma mais valia. Contudo, a melhor aposta será a retornada Anna Odobescu e "Stay" (o meu guilty pleasure). Apresenta uma balada muito bem conseguida e possui uma voz poderosa que é a melhor parte. A proposta enriquecia caso o refrão fosse mais forte, pois a cantora facilmente dominaria. Com uma boa produção pode ser uma grande surpresa na Eurovisão.



Cláudio Guerreiro escolhe Tinna Gi e "Virus"
Não é possivelmente uma opinião partilhada por muita gente, mas tenho a dizer que a final moldava me surpreendeu bastante este ano. Talvez tenha acontecido porque ouvi as músicas com as expetativas em baixo, resultado de sucessivas edições fracas no último ano. Pelo menos cinco músicas soaram-me muito bem, mas tenho a destacar claramente a “Virus” da Tinna Gi, que mostra que afinal também se faz boa música pop e moderna na Moldávia. Além de ser cantada em romeno, uma das línguas que mais gosto de ouvir em canções, comecei logo a imaginar uma atuação para esta proposta no palco da Eurovisão e que tem tudo para ser estrondosa.


Fábio Cipriano Ventura escolhe Marcela Scripcaru e "Meteor"
Inicialmente, vinte e oito canções foram apresentadas nas audições da final nacional da Moldova, o "Melodie Pentru Europa". Porém, esse número foi drasticamente reduzido para somente dez entradas, cancelando-se também a semi-final prevista, dada a aparente falta de qualidade das mesmas. Das que sobraram, e correndo o risco de poder vir a ser acusada de plágio, destaco a "Meteor" da Marcela Scripcaru (alerta de semelhanças com a "Always Remember Us This Way" da Lady Gaga!). Quando a ouvi pela primeira vez, soou-me bastante familiar (porque será?!). Com um início bastante interessante, a voz da Marcela começa por quase sussurrar até atingir o meteoro que se aproxima - será que atingirá o planeta? Gosto da voz, gosto do instrumental relativamente moderno, ainda que reconheça a existência de algumas partes mais comerciais. E, de facto, a falta de qualidade confirmou-se: parece que é um mal que veio para ficar este ano!


Hugo Sepúlveda escolhe Ched MD e "Sub Pamant"
O ano passado a selecção da Moldávia tinha bastantes guily pleasures, este ano nem isso. Fracas de uma forma geral, a maior parte das canções precisava de um bom revamp para terem um mínimo de hipótese. Che MD e Elizaveta Ivasiuk trazem-nos Sub Pămînt, que ocupou o primeiro lugar do meu top e aí ficou até ao fim. É uma sonoridade algo familiar no ESC, mas acho que faz sempre falta. As vozes de ambos resultam bem em conjunto, acabando por se complementar, aliando-se à força da própria música, juntamente com o traço étnico, que acaba por ser a cereja no topo do bolo. Tudo bem que não é o melhor bolo que já provamos, mas até é bom, especialmente se tivermos em conta o resto da montra.



João Diogo escolhe Ched MD e "Sub Pamant"
Que sacrifício ouvir esta final da Moldávia. Um dos lotes de canções mais fracos deste ano, sem nenhuma canção que se destaque minimamente pela positiva. A minha favorita acabar por ser "Sub Pamant" simplesmente por ser num registo de todas as outras e, por isso, me lembrar dela no final de escutar todas. A Moldávia poderá estar de volta aos maus resultados este ano.

Tiago Silva escolhe Marcela Scripcaru e "Meteor"
A Moldávia apresenta uma final melhor do que esperava, mas não encontro nenhuma com o ingrediente fun que nos tem vindo a habituar. A minha favorita e a que acho que poderá trazer o melhor resultado à Moldávia é Marcela com "Meteor". Uma canção moderna e com uma artista com uma boa voz... diferente do que este pais costuma levar. Contudo, temo que ao vivo seja um flop.

Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 6 comentadores:

1.º Che MD – "Sub Pamint" - 56 pontos
2.º Marcela Scripcaru – "Meteor" - 47 pontos
3.º Tinna Gi - "Virus" - 47 pontos
4.º Anna Odobescu – "Stay" - 37 pontos
5.º Maxim Zavidia – "I will not surrender" - 35 pontos
6.º Diana Brescan – "Lies" - 33 pontos
7.º Aurel Chirtoaca – "La cinema" - 33 pontos
8.º Vera Turcanu – "Cold" - 28 pontos
9.º Limonique – "GravitTy" - 20 pontos
10.º Siaj – "Olimp" - 12 pontos



 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários