Irlanda: Chefe de delegação admite que Sarah McTernan "tem grandes possibilidades" de chegar à Final


Michael Kealy, chefe de delegação da Irlanda, falou sobre a escolha de Sarah McTernan para o Festival Eurovisão 2019: "A nossa canção é diferente de todas as outras e irá destacar-se por ser diferente".

Em entrevista ao Liffey Sound FM, Michael Kealy, chefe de delegação da Irlanda, revelou que a canção "22" foi submetida ao concurso por uma voz masculina, depois de ter sido revelado que Sarah McTernan teria concorrido com outra canção para a seleção da RTÉ. Segundo Michael, o painel de seleção da emissora acreditava que a canção era mais adequada para um cantor masculino, tendo mudado de opinião quando foi apresentada a demo de "22" gravada por Sarah McTernan.

Além disso, Michael Kealy expressou a sua confiança na candidatura irlandesa deste ano: "Estávamos numa semifinal muito forte no ano passado e todos diziam que não nos qualificaríamos e que teríamos muitas dificuldades na votação... e chegámos à Final confortavelmente. Não estou a escrever as nossas chances de forma nenhuma, mas acho que a Sarah tem grandes possibilidades da qualificação" afirmou o chefe de delegação, "A maioria das canções são parecidas entre si e muitas têm o mesmo estilo de música. A nossa canção é diferente de todas as outras e irá destacar-se por ser diferente. Há também muitos cantores masculinos este ano. Nós não! Nós levaremos uma cantora. Isto também fará a diferença.".



Estreante em 1965, a Irlanda conta com 52 participações no Festival Eurovisão, sendo o país com maior número de vitórias, 7 (1970, 1980, 1987, 1992/94 e 1996). Fora da Grande Final desde 2013, Ryan O'Shaughnessey conquistou, em Lisboa, o apuramento para a Final com "Together", tema que terminou em 16.º lugar com 136 pontos, 3 oriundos do televoto português.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

2 comentários: