Herman José: "O Conan Osíris é muito mais do que aquilo que aparenta"


Herman José revelou, esta manhã, que deixou uma mensagem a Conan Osíris após a vitória no Festival da Canção 2019: "Deixei-lhe uma mensagem um dia a dizer para não fugir dele próprio. Ele não tem de preocupar-se em ser politicamente correto".

O apresentador e cantor Herman José marcou presença, esta manhã, no O Programa da Cristina, apresentado por Cristina Ferreira na SIC, tendo sido abordado sobre Conan Osíris, vencedor do Festival da Canção 2019 e representante de Portugal em Telavive. "Primeiro gostei muito da maneira como o trataste. Foi muito giro e acho que tu o percebeste" começou por dizer Herman José, cantor que, em 1983, ficou em segundo lugar no concurso nacional, recordando a passagem de Conan Osíris no programa, antes da vitória no Festival da Canção.

"Ele é muito mais do que aquilo que aparenta e a música do Festival da Canção não resume bem as coisas divertidíssimas que ele tem gravadas" admitiu o cantor, elogiando o trabalho do Conan Osíris, e revelando que lhe deixou uma mensagem depois da vitória: "Deixei-lhe uma mensagem um dia a dizer para não fugir dele próprio. Ele não tem de preocupar-se em ser politicamente correto, nem tem de preocupar-se se as pessoas acham isto ou aquilo". "Tem de dizer «ya» e «podes crer» e falar nos dildos as vezes que lhe apetecer, porque aquele tipo é que conta (...) nem todos podemos ser Carlos do Carmo" rematou Herman José.

Aceda AQUI à conversa na íntegra.




Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: SIC/ Imagem: Google / Vídeo: Eurovision.tv

6 comentários:

  1. Anónimo21:58

    No dia da primeira semifinal, o Herman teve um espetáculo em Estarreja em que falou do Festival da Canção, em tom irónico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:33

      O Herman é, primeiro que tudo, muito mais do que um "apresentador" ou "cantor", um humorista, um dos tipos mais geniais deste país, e os humoristas brincam com tudo o que considerarem "brincável", o humor é um caso à parte, e a capacidade de rirmos de nós próprios também.

      Eliminar
    2. Anónimo23:54

      Concordo, nomeadamente porque enquanto "cantor" deixa um pouco a desejar. Nesse espetáculo, o Herman afirmou: "Há músicas boas! Outras nem por isso!" e sorriu de forma irónica. Alguém na plateia disse "Conan Osíris", de forma igualmente humorística.
      Penso que naquele dia (enquanto em Lisboa decorria a semifinal), o Herman ainda olharia para o Conan, como em tempos olhavam para o António Variações. Talvez a vitória o tenha feito vê-lo de forma diferente.

      Eliminar
  2. Anónimo23:55

    O Herman foi humorista brilhante... na pré-história. Já devia ter dado lugar aos novos. Grande parte das piadas atuais vão dar ao sexo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:28

      O Herman não está a ocupar o lugar de ninguém, o humor em portugal não é equivalente ao Finalmente e se fosse a Débora de Cristal neste momento já não seria o Herman José, talvez o Ricardo Araújo Pereira, apesar de que o seu auge como Débora de Cristal foi na era dos Gato Fedorento...

      Eliminar
  3. O Conan é mais do que o que aparenta,está claro, ele é mais um poeta, pois que Portugal sempre foi um país de poetas e agora também de humoristas, uns mais do que outros e os que são menos acabam como apresentadores de programas de televisão. Ao mesmo tempo é bom, para ver se substituimos alguns pares de jarras que por lá aparecem e perecem uma vez que devem estar com contratos vitalícios.

    ResponderEliminar