ESC2019: EBU/UER revela mudanças na apresentação dos votos do Festival Eurovisão


Através do site oficial do Festival Eurovisão, a EBU/UER revelou as mudanças na apresentação dos votos na edição deste ano. Os votos do público serão revelados pela ordem de classificação dos votos do júri.


Três anos depois da sua implementação, o novo sistema de votação do Festival Eurovisão sofrerá algumas alterações para 2019, conforme havia sido avançado pelo chefe de delegação da República Checa. Após os porta-vozes terem anunciado os pontos dos 41 júris nacionais, a pontuação total do televoto de cada país será revelada a partir do país que tenha recebido a pontuação mais baixa com os jurados e não com o televoto, continuando por ordem crescente de classificação do júri. Deste modo, os países mais votados pelo júri serão os últimos a conhecer o seu resultado do televoto, aumentado o dramatismo da votação.

Deste modo, em 2018, a revelação do televoto não começaria na Austrália, o país menos votado, mas na Ucrânia, país que terminara em último lugar na votação do júri, terminando na Áustria, país vencedor dos jurados, em vez de Israel, país mais votado pelo televoto.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem: Eurovision.tv

7 comentários:

  1. Anónimo11:53

    Gostei

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:09

    Parece-me uma mudança interessante. Se é para aumentar o suspense acho sempre ótimo ahahah

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13:53

    Xiiiiiiiiiiiii… Agora é certo que vamo0s ter todos um ataque de coração no momento das votações… Isto vai ser só TOOOOOOOOOOP..... Gostei!
    Aparte: Imaginem a Suécia em 2018 (penúltima a receber votos segundo este sistema) a receber a miséria de pontos que recebeu do público! #Baldedeaguafria

    ResponderEliminar
  4. Anónimo14:45

    Bem pensado...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo19:29

    Acho bem, acho muito bem. Isso ilimina todas as aldraices dos últimos anos.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo02:20

    elimina...

    ResponderEliminar