[Casas de Apostas] Rússia sai da liderança depois da revelação de "Scream"


A Rússia perdeu a liderança das Casas de Apostas após a revelação da canção de Sergey Lazarev, tendo sido ultrapassada pela Holanda. Portugal também foi ultrapassado pela Noruega e ocupa o 9.º lugar das preferências.

Na liderança desde a abertura das apostas para o Festival Eurovisão 2019, a Rússia perdeu a liderança das Casas de Apostas depois da revelação de "Scream", canção interpretada por Sergey Lazarev. A canção apresenta uma percentagem de ganho de 15%, sendo ultrapassada por "Arcade", canção da Holanda interpretada por Duncan Laurence, que apresenta 16%.

Suécia, que escolhe os seus representantes esta noite, segue-se nas preferências, seguida de Suíça, Itália, Chipre e Islândia. Por sua vez, a Noruega ultrapassou Portugal nas apostas, com Conan Osíris e "Telemóveis" a apresentaram 3% de possibilidade de vencer, o mesmo valor da Arménia, país que encerra o top10.

As Casas de Apostas têm-se tornado, nos últimos anos, um dos instrumentos mais certeiros na previsão de resultados na Eurovisão. É, no entanto, ainda é muito cedo para as apostas serem indicativas de algum resultado concreto, mostrando nesta altura apenas algumas indicações do que poderá acontecer em maio.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Oddschecker, ESCPORTUGAL /Imagem: Google

12 comentários:

  1. Isto vai e nem da semi final passamos....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:16

      Acredita já acreditei mais que iríamos passar . Agora já não acredito muito

      Eliminar
    2. Anónimo09:35

      As apostas para já têm apenas um valor indicativo mas, ainda assim, estamos no Top10. Top10 NO TOTAL DE PAÍSES. Em termos de análise, um país que está no Top10 DA GERAL, não é um pais que se assuma em risco de não qualificação na semi-final.
      Além disso, dos 9 países que estão à frente de Portugal neste momento, APENAS 3 são da nossa semi-final. O top 5 é todo da outra semi ou Big5. Holanda, Russia, Suécia, Suíça... tudo da outra semi. Se pensarmos, neste momento Portugal estaria em 4° na sua semi. É ótimo, tendo em conta que são números iniciais. Quer dizer que o pessoal gosta da música.

      Pode acontecer não passarmos? Claro que sim. Ainda falta ver atuações ao vivo... é só durante as semanas da Eurovisão que as apostas ganham peso real. Mas estar com medo de não ir à final só porque descemos 3 lugares dentro do top10 nas apostas não faz sentido. Sei que somos um povo dramático e negativo, mas neste caso e a esta altura, não há mesmo razões para tal. É só especular e sofrer por antecipação, porque sim...

      Eliminar
  2. Anónimo19:40

    As apostas por agora dizem pouco. Quando começarem os ensaios in loco, falamos. Por exemplo, toda a gente aponta como favorita a Islândia. Sem dúvida muito interessante... mas irá o público do ESC rever-se na performance? O mesmo para o Conan, embora a música dele me pareça de mais generalizado acesso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:10

      Islandia favorita? Pelo amor da santa.

      Eliminar
    2. Anónimo22:15

      Concordo. Não estou a ver os júris a votar muito na Islândia. Veja-se o caso da Hungria o ano passado, para citar uma música no género da Islândia, mas sem a imagem chocante, também era uma das favoritas á vitória, e vendo bem, não ficou bem classificada nem com Júris nem com o Televoto. A música de Portugal tem uma orquestração fabulosa, riquíssima, e se os júris valorizarem isso pode ter uma boa classificação. No televoto, se as pessoas que gostam mesmo da música votarem muito, como fizeram com o Salvador, podemos ter um bom resultado.

      Eliminar
  3. Cinco das músicas que estão no top 10 das casas de apostas são baseadas em vídeos, onde tudo é perfeitinho e os defeitos não existem: Holanda, Rússia, Chipre, Suiça e Grécia. As outras cinco: Portugal, Islândia, Suécia, Itália e Noruega, pelo menos já têm atuação ao vivo para avaliar. E em princípio, em Maio, as atuações deverão ser idênticas ou mesmo versões melhoradas. Das que têm vídeo não se sabe nada sobre a atuação, e em Maio é que se vai ver quem tem unhas para tocar guitarra. Muitas dessas músicas que só têm vídeo, vão cair a pique, e as outras vão acabar por subir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:30

      A música da Holanda já tem uma atuação a vivo e continuou "tudo perfeitinho". Para quem sabe cantar a diferença nunca é muita.

      Eliminar
    2. Anónimo21:46

      10:30 Está aí o problema de muitos portugueses armados em intelectuais da musica. Voces acham que tudo se resume a cantar "tudo perfeitinho", acham que a eurovisão é o the voice. Quem segue a eurovisão ha varios anos e nao tem preconceito musical, sabe que muitos vencedores nao cantavam tudo perfeitinho e que isso hoje em dia nao tem um papel assim tao decisivo no concurso. Pode saber cantar mas transmite o mesmo que uma pedra, o mesmo que o sergey: Nada. Hoje em dia ha que ter a sensibilidade e o poder de saber transmitir e nem todos o conseguem, e digamos que ha que ter carisma, coisa que ele nao tem.

      Eliminar
  4. Anónimo22:22

    Não entendo o que vêm na Holanda, miudito sem graça que canta uma balada igual a tantas outras que aparecem na rádio, se fosse Espanha a levar isto nao teria este hype todo. Quando temos o videoclip é tudo muito bonito mas ao vivo com staging é outra historia. Prevejo um flop gigante de um dos que estao no top 5 das apostas agora mesmo, resta saber quem.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo22:24

    As apostas nesta altura ainda são muito subjetivas. Só quando iniciarem os ensaios é que começam a ficar mais concretas. Até prefiro que Portugal nesta altura não esteja no top 5, para a RTP se esforçar e para o Conan ir para Telaviv mais descontraído. No FC como era dado como favorito, ele estava mais tenso. Não esquecendo que a personalidade do candidato nas entrevistas também conta muito para se fazerem notados. E o Conan tem uma personalidade muito peculiar, humilde e bem disposto, sem esquecer a sua história de vida. Tudo isso vai atrair os media. Com o Salvador também aconteceu o mesmo, com a história da doença e com a sua personalidade muito singular. Por tudo isto estou confiante. Espero que a RTP lhe disponibilize um bom coreógrafo, para o orientar no palco e nos jogos de câmara. O Conan e o João têm talento, mas a RTP não pode estar á espera que façam tudo sozinhos.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo23:27

    islandia não por favor

    ResponderEliminar