Assi Azar: "A Eurovisão não é o lugar certo para as pessoas que querem celebrar o ódio"


Assi Azar, apresentador do Festival Eurovisão 2019, foi questionado sobre os pedidos de boicote ao concurso deste ano: "Eu não quero dar atenção às pessoas que querem banir algo que é apenas sobre música. Deixem a política para os políticos".

Depois de conduzir a final nacional israelita, Assi Azar foi um dos escolhidos pela KAN para apresentar o Festival Eurovisão 2019, tendo sido o responsável pela condução do sorteio das semifinais e do encontro dos chefes de delegação do concurso. Em entrevista ao Metro.co.uk, o apresentador foi questionado sobre os pedidos de boicote ao evento deste ano: "Eu não quero dar atenção às pessoas que querem banir algo que é apenas sobre música. Deixem a política para os políticos" afirmou.

O apresentador foi mais longe e deixou um apelo a todos os seguidores do concurso: "A única maneira de criar paz e amor é conviver através de encontros e conversas e não através da proibição. A Eurovisão não é o lugar certo para as pessoas que querem celebrar o ódio".




Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Metro.Co.Uk / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

3 comentários:

  1. Anónimo14:40

    Palavras daquele que durante o sorteio das semifinais achincalhou o Chipre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:54

      Que disse ele? Eu acho-o um tipo com uma fome de protagonismo imensa, não gosto muito dele

      Eliminar
    2. Anónimo17:54

      Gozou com o facto do Chipre ser o favorito à vitória.
      Algo na onda de "cyprus was the favorite to win, but them it didn't"

      Eliminar