Ucrânia: KAZKA serão convidados pela UA:PBC para o Festival Eurovisão 2019


Depois da recusa dos Freedom Jazz, a emissora ucraniana UA:PBC convidará o grupo KAZKA para representar a Ucrânia no Festival Eurovisão 2019.


Depois do fim das negociações com MARUV e da recusa do grupo Freedom Jazz, a UA:PBC convidará o grupo KAZKA, terceiro classificado no Vidbir 2019, para representar a Ucrânia no Festival Eurovisão 2019. O anúncio foi feito por Oleksandra Koltsova, membro do Conselho de Administração da UA:PBC, revelando que a emissora ainda não obteve nenhuma resposta: "Até ao momento, os representantes dos KAZKA não estão a responder. Então escrevi ao produtor musical do grupo, Andrey Urenev" revelou, garantindo que, caso o grupo recuse, a emissora reunirá com a equipa de advogados e com a STB para discutir a participação em Telavive: "Vamos esperar pela resposta. Caso rejeitem, então reuniremos com os advogados e com a STB para discutir a viabilidade de continuar as negociações com outros artistas".

Oleksandra Koltsova garante também que o concurso foi "politizado": "Aconteceu o que não queríamos. O concurso foi politizado (...) Se estabelecermos um nível de tolerância zero e proibirmos os artistas ucranianos de atuarem na Rússia ou colaborarem com artistas russos, temo que ninguém aceite participar no evento" frisou, garantindo que a UA:PBC já conversou com a EBU/UER sobre a situação: "Mesmo que todos os artistas se recusem a participar na Eurovisão, não seremos alvo de nenhuma multa da organização. Se a Ucrânia não enviar um representante, também não haverá penalidades visto que iremos transmitir o concurso na mesma. A EBU/UER deu-nos uma mensagem bastante clara: encontre o representante e quando decidir, envie-nos a música".


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCKaz / Imagem/Vídeo: UA:PBC

2 comentários: